Arquivos | ARACAJU.São João RSS feed for this section

PROGRAMAÇÃO FORRÓ CAJU 2014 – Aracaju.SE

22 mai

Programação oficial Forró Caju 2014 ;)

ForróCaju0001

ForroCaju0002

ForroCaju0003

ForroCaju0004

ForroCaju0005

ForroCaju0006

ForroCaju0001

Aproveitando o embalo junino, leia também:

- Forró Caju – como, quando e onde

- Itinerário do Forró

- Guloseimas Juninas

- Aracaju post a post

 

MARINETE do FORRÓ. Aracaju – Itinerário 2012

1 jun

Segue o itinerário da MARINETE DO FORRÓ 2012, com os horários e roteiros. Para quem ainda não conhece, mate a curiosidade e encontre mais informações sobre esta atração divertidíssima do São João Sergipano lendo esse post.

Clique na imagem para ampliar.

Para formato PDF, aqui: Marinete – PDF

Forró Caju – ARACAJU.SE

29 jun

Forró Caju tem todo ano (êêêh). E todo ano tem  palco protagonista e palcos coadjuvantes, um mundo de gente querendo ver seu artista preferido, catador de latinha, barraca de capeta, comida, petisco, amendoim,  gente dançando forró de todo jeito e muito, muito chuvisco pra dar um off na escova. Misturando tudo,  é lindo ver aquela multidão  forrozando embaixo do véu colorido de bandeirolas.

Palco Luiz Gonzaga

Apesar da animação dos palcos secundários, o centro gravitacional da festa é o Palco Principal Luiz Gonzaga, por onde  já passaram e passam artistas de peso como Zé Ramalho, Elba e Alceu. Já virei várias noites embalada nesse som, mas hoje, pra ser bem sincera, a idade bateu (ôh) e chega uma hora que ficar se espremendo na muvuca (que é grande, vá por mim) não rola mais. Assim, para aqueles que, como eu, já não têm pés para serem pisados a noite toda, o  Forró Caju oferece a “ala” dos bares e restaurantes:

Ela fica no outro extremo da praça, na direção oposta ao palco:

Entrada da “ala” do bares – ao fundo, palco Luiz Gonzaga.

Aí se concentram vários bares e restaurantes famosos da cidade, que montam suas barracas oferecendo mais estrutura àqueles que tiverem interesse em alugar mesas.  Boa comida, lugar pra sentar, cobertura para se proteger da chuva e banheiros mais limpos e com menos filas. Acho uma boa opção para quem quer participar da festa com um pouco mais de conforto:

E, para dar uma pitada glam, em 2011, na mesma “ala”, ainda rolou uma boite descolada, montada pela Skol: Agito Skol. Pode não ser essa boite, especificamente, mas todo ano rola uma novidade nesse setor.

Então… #ficaadica para 2013, 2014, 2015  e lá vai… Forró Caju tem para todos os gostos! Junte sua turma, defina sua “ala” e corra pra Aracaju. Elbinha (Ramalho) vem todo ano… E muita gente bacana costuma esquentar as noites chuviscadas do Forró Caju de Aracaju, a capital mais Arraial do Nordeste.

Só pra constar, vale lembrar que as noites de junho em Aracaju são um pouco mais frias. Com o vento e a chuvinha fina, a balada forrozeira pode pedir uma roupa mais quentinha. Tá esperando o que? “Olha pro céu, meu amor…” Veja como ele está, defina o look e corra para o abraço.

Quer saber mais sobre São João em Aracaju? Leia também:

- Aracaju post a post.

Itinerário do Forró – ARACAJU.SE

21 jun

POST ATUALIZADO – 2013 ;)

Se tem uma coisa de que Aracaju realmente se orgulha é de ser uma capital forrozeira e, no mês de junho, por aqui, tudo é motivo pra “forrozar”.  Tem forró nos quatro cantos da cidade, até porque, a zabumba e o baião cortam a cidade pra lá e pra cá… De “buzu” ou de barquinho… É só escolher! :D

MARINETE DO FORRÓ:

Olha! Não sei dizer ao certo quando a Marinete do Forró começou, só sei que em 2007 eu já curtia horrores dentro dessa jardineira animada, cortando Aracaju na base do licor e da  sanfona… Muuuuito divertido!

Esse ano, a Marinete começou a passear no dia 15 de junho e vai até o dia 29 do mesmo mês. Nesse período, ela sai diariamente, da frente do Hotel da Costa (em frente à Orlinha, na “ponta” norte da Orla de Atalaia), em dois horários: às 08h e às 14h.

O roteiro são os principais pontos turísticos da cidade, com paradas curtas em cada um deles e, claaaaro, forró o tempo todo, garantido por um animado trio pé de serra que viaja dentro do ônibus, dando o tom da festa.

O passeio é gratuito, mas tem que chegar cedo, porque a fila é grande e ninguém quer ficar de fora… A lotação é de 40 pessoas :(   :

Antes de entrar no ônibus, o guia que acompanha o passeio coloca pulseirinhas de identificação nos passageiros “marineteiros”:

O roteiro principal passa pelo Calçadão da  13 de Julho, Praça dos Mercados, Orlinha do Bairro Industrial, Colina do Santo Antônio, Praça Fausto Cardoso. Esse ano tem novidade: nos finais de semana e feriados, no horário das 14h, o roteiro é litoral sul (esse eu não fiz ainda).

E olha ela vindo… kkkkk

Olha  ela indo… kkkkkk

E a musiquinha tocando: “Olha isso aqui tá muito bom! Isso aqui tá bom demais… Olha quem tá fora quer entrar… Mas quem tá dentro não sai!!” :) :)

Animado demais, minha gente!!

Confira a Marinete 2012 aqui.

BARCO DO FORRÓ:

Esse é novidade! 2011 é o primeiro ano do barco forrozeiro  passeando pelo estuário do Rio Sergipe e, pelo visto, está um sucesso… Tentei reservar meu passeio pra hoje e já estava lotado…  :(  Mas eu vou insistir!

Como ainda não consegui ir, fui até o píer de onde sai o barco só pra conhecer  e gostei, viu? O barco sai do píer do antigo Restaurante Crase, atual Renatão, ao lado do Iate Clube:

Como disse, o projeto começou esse ano e vai de 09 a 29 de junho. Sai diariamente, às 16h. Custa R$ 25,00 por pessoa e, para não correr o risco de não achar vaga, o ideal é agendar através da NOZES TOUR (3243-7177).

Ainda há outro roteiro, que sai da Orla do Por do Sol, diariamente, às 09h e 14h. Esse viaja pelo Rio Vaza Barris e custa mais caro, R$ 60,00 por pessoa (segundo fui informada pela TOP TOUR).

ARRAIÁ DO POVO:

E, para terminar a noite forrozando à beira mar, ainda tem o Arraiá do Povo, montado na praça de eventos da Orla. A festa é bem menor que o Forró Caju e é uma opção para quem quer fugir das grandes multidões.

Alguns restaurantes, montados no evento, atendem ao público:

Além deles, na lateral esquerda da praça de eventos, ainda rola uma feirinha de comidas típicas e artesanato, onde também é possível sentar e comer uma típica torta de macaxeira:

Fora isso, como falei no início, o arraial do povo fica à beira mar, com aquela brisa soprando no rosto e refrescando o ritmo da noite:

Praia do Hawaizinho ( atrás do palco do Arraiá do Povo)

Também tem segurança. O evento acontece ao lado da Delegacia de Turismo ( já trabalhei aí… rs rs):

No mais, é só desempacotar os aparatos juninos (bota, chapéu  e lencinho… rs) e cair no forró!

Programação do Arraiá – 2013:

Confira abaixo a programação completa:

20 de junho (quinta-feira)
19h – Trio Abusados da Roça
20h – Trio Assanhadinho
21h – Quadrilha junina ‘Unidos em Asa Branca’
22h – Grupo Fogo no Beco
23h – Valtinho do Acordeon

21 de junho (sexta-feira)
19h – Grupo Dengo da Mamãe
20h – Robertinho dos Oito Baixos
21h – Quadrilha junina ‘Pioneiros da Roça’
22h – Joésia Ramos e Forró da Rabeca
23h – Glauber do Acordeon

22 de junho (sábado)
19h – Banda de Pífanos de Japoatã
20h – Trio Piauí
21h – Grupo folclórico ‘Caceteiras de Rindu’
22h – Quadrilha junina ‘Retirantes do Sertão’
23h – Banda Cabeça de Frade
00h – Edgar do Acordeon e Grupo Pé-de-Serra
01h – Banda Zé Tramela

23 de junho (domingo)
19h – Banda de Pífanos de Rosário do Catete
20h – Forró Chamego Nordestino
21h – Grupo folclórico ‘Samba de Coco’ (São Cristóvão)
22h – Quadrilha junina ‘Luíz Gonzaga’
23h – Marcos Guedes
00h – Rodriguinho e Banda
01h – Zé Rosendo e Marluce

24 de junho (segunda-feira)
19h – Banda de Pífanos Zabumba de Terreno
20h – Grupo folclórico ‘Samba de Coco’ (N. S. do Socorro)
21h – Quinteto Sanfônico
22h – Quadrilha junina ‘Apaga a Fogueira’
23h – Luiz Paulo

26 de junho (quarta-feira)
19h – Trio Ravengar e Fogão de Lenha
20h – Grupo folclórico ‘Batucada Pisa Pólvora’
21h – Quadrilha junina ‘Xodó da Vila’
22h – Tatua – O Mensageiro do Forró
23h – Antônio Carlos Du Aracaju

27 de junho (quinta-feira)
19h – Santana
20h – Ismael e os Filhos do Nordeste
21h – Quadrilha junina ‘Massacará’
22h – Mimi do Acordeon
23h – Espinho de Mandacaru

28 de junho (sexta-feira)
19h – Banda de Pífano de Frei Paulo
20h – Correia dos Oito Baixos
21h – Grupo folclórico ‘Samba de Coco’ (Barra dos Coqueiros)
22h – Quadrilha junina ‘Asa Branca’
23h – Valter Nogueira
01h – João da Passarada
02h – Forró Balança Eu

29 de junho (sábado)
19h – Banda de Pífanos 13 de Maio
20h – Ararão do Nordeste e Trio Asa Branca
21h – Grupo folclórico ‘Samba de Pareia’
22h – Quadrilha junina ‘Balança Mas Não Cai’
23h – Cobra Verde
00h – Casaca de Couro

30 de junho (domingo)
19h – Banda de Pífanos de Moita Bonita
20h – Forró Pau de Arara (Evanilson do Acordeon)
21h – Grupo folclórico ‘Batalhão de Bacamarteiros’
22h – Quadrilha junina ‘Cangaceiros da Boa’
23h – Fernando Crateús

- Mais sobre Aracaju em Aracaju – post a post.

 

Guloseimas do Mercado – ARACAJU.SE

12 jun

Continuando nosso passeio pela  Praça dos Mercados… Na nossa ida até lá ontem (11/06/2011), o foco mesmo eram as guloseimas regionais… rs rs rs… Aquelas com formatos, às vezes, esquisitos e nomes engraçados.

No Mercado Thales Ferraz há um box onde se concentram as, digamos, “beijuzeiras”… rs rs rs… Mulheres simples e simpáticas que metem, literalmente, a mão na massa para preparar aqueles  “qualquer coisa” de puba ou tapioca :) :) 

É o ESPAÇO DO BEIJU!! E lá você pode esquecer sua dieta, por que vai tudo “macaxeira abaixo” kkkkkkkkkkkkkk (Vamos combinar que viagem e dieta não combinam! Não tem jeito!)

E, por falar em macaxeira, mais uma vez vamos esclarecer que a mocinha é conhecida como “macaxeira” por aqui, mas é aipim em alguns cantos (Bahia e Rio, por exemplo) e mandioca em outros. A tapioca e a puba são massas extraídas da macaxeira e servem de base para várias receitinhas tipicamente nordestinas.

Eu, que não sou bem do time “experimenta!!”, nessas ocasiões de muita variedade: beiju, macaxeira, puba, tapioca e tralálá… Pra não errar, sempre peço a mesma coisa: a básica “TAPIOCA”… A famosinha nordestina, que sai quentinha e recheada com manteiga ou, num descuido calórico, com bastaaaaaaaaaaante leite condensado e coco ralado… Ui!! Entre outros tantos e  não sei quantos recheios… rs rs:

Foto disponível em culturanordestina.blogspot.com

Voltando ao Espaço do Beiju, por lá se  acha de (quase) tudo (macaxeiramente falando) para todos os gostos… 

Cesto de pamonhas e pé-de-moleques no Espaço do Beiju.

Mas, neste ponto… Alô, atenção!… Mesmo sendo baiana (vizinha!), já paguei muito mico por desconhecer o dicionário gulosemeiro local. Inclusive lá mesmo, no Espaço do Beiju, onde sai beiju, mas não sai tapioca :(   … E qual a diferença? rs rs rs… Vamos aos fatos:

Uma vez no trabalho perguntaram se eu gostava de pé-de-moleque e eu, super empolgada, respondi: claaaaaaaaaaaro!

O pé-de-moleque que desenhei na minha cabeça... rs rs.

Já estava com o gostinho do amendoin caramelado na boca, quando… Minutos depois… Hum… Meu colega chega todo feliz com uma coisa comprida, enrolada numa folha de bananeira…. Qüen qüen qüen qüen… Cara de tacho total a minha diante daquele “lanchinho” desconhecido:

O pé-de-moleque que me trouxeram... kkkkkkkk.

PÉ-DE-MOLEQUE, minha gente!!! Aqui é isso aí… Uma massa meio molhada  que leva um pouco de amendoim, PUBA  e leite de côco  (o outro pé-de-moleque, do meu “fantástico mundo de Bob”… rs rs… Aqui é “cocada de amendoin”!!):

Até a  TAPIOCA, que na Bahia é BEIJU, já me garantiu um mico regional… kkkkkk… Beiju aqui é outra coisa, quase a mesma coisa, mas um pouco diferente, entÊnde?? Nem eu, mas é diferente sim. Beiju aqui é BEIJÚ MOLHADO e a massa é mais macia e mais doce que a da TAPIOCA:

E ainda rolam mais umas coisinhas básicas à base de tapioca, como os MAL-CASADOS (“mácasados”) ou SAROLHOS (“sarôios”):

O saquinho é “2 real” !! :D :D

E, para completar nosso dicionário “gulosemeiro” nordestino, os BÁSICOS JUNINOS:

PAMONHA, enroladinha na “casca” (palha) do milho:

E “descascadinha”:

O MUNGUNZÁ, tipo mingau de milho de canjica:

E CANJICA… A nordestina, que já tem cara, gosto e cheiro de São João :) :)

Mamãe, que é paulista, ao ler o post me ligou para avisar que, em São Paulo, MUNGUNZÁ é CANJICA e CANJICA é CURAU!!!  Diz aí? Enquanto não unificam o idioma das comidas típicas… kkkkkk… É bom viajar ligado nas diferenças pra não errar no pedido! :)

Saí catando as receitas na net e, clicando nos “rosinhas”, você será direcionado para elas… rs rs… Quem quiser se aventurar na culinária nordestina… #ficaadica!!! :) :)

 Mais receitas juninas  nordestinas, aqui.

Eu… Vou passar meu São João na base do licor mesmo… É menos calórico e mais animado… kkkkkkkkkk… Brincadeira ! O post acabou me deixando com água na boca por uma “tapioca” (não erro mais! Claro… rs rs)… Vou lá na Orla buscar a minha!!! rs rs rs.

Quer continuar pelo mercado? Leia também:

Praça dos Mercados e Restaurante Caçarola no Mercado Antonio Franco.

E, para se inteirar do cardápio, dê uma pescada no post: entendendo o cardápio.

Praça dos Mercados- ARACAJU.SE

11 jun

São João chegando… Aracaju toda “se pintando” pra festa… Momento de falar um pouquinho de cultura nordestina… Das coisinhas regionais que dão o tom e o sabor do Nordeste.

Assim, por acreditar que os “mercados municipais” são sempre grandes centros de regionalismo, fui até lá hoje de manhã bem cedo… 06:00h… Ver um pouco da cultura de Sergipe acordar no sol macio das primeiras horas do dia, passeando nos carrinhos dos feirantes que ainda chegavam, cheios das coisas todas que dão as cores das “bancas”.

COMO CHEGAR

A Praça dos Mercados fica no centro de Aracaju, já próximo ao Bairro Industrial e à ponte Aracaju-Barra. Nela estão concentrados os três grandes mercados da capital, na foto abaixo (disponível em skyscrapercity.com), de cima para baixo: Albano Franco, Thales Ferraz e Antonio Franco:

Para chegar, tomando a Av. Beira Mar como referência, basta seguir direeeeeeto nesta avenida, sentido centro da cidade. Sem sair desta avenida, lá adiante, depois da Ponte do Imperador (que não é ponte… rs rs) e da Praça Fausto Cardoso,  os mercados  surgirão  à esquerda.Vale ressaltar que, nesta altura da cidade, a Av. Beira Mar passa a ser chamada de Rua da Frente.

FORRÓ CAJU

É nesta praça que, todo ano, acontece o maior evento junino da capital, o FORRÓ CAJU, reunindo grandes nomes da música nordestina (foto disponível em skyscrapercity.com):

 Os preparativos já estão a todo vapor, cobrindo a praça com o famoso “véu” de bandeirolas coloridas, já característico da festa:

NO MAIS…

Vale a pena passear pelos mercados e ter a chance de vivenciar um pouco do artesanato, da culinária e dos costumes sergipanos.

As casas de laticínios, as ervas e souvenires irreverentes do Mercado Thales Ferraz:

O corredor das flores entre os Mercados Thales Ferraz e Antonio Franco:

A mistura das cores do artesanato no Mercado Antonio Franco:

 

O Terraço do Mercado Antonio Franco:

E o Mercado Albano Franco, enorme e barulhento, onde se acha de tudo, de frutas frescas a celulares piratas:

CABAÇA

PITOMBA

MACAXEIRA ( Na Bahia: aipim; no Sul: mandioca)

Horário de funcionamento: Os mercados funcionam de segunda a sábado das 06:00h às 18:00h. Nos domingos, das 06:00h às 12:00h.

#ficaadica:  se quiser pegar tudo aberto, chegue a partir das 08h. Boa parte das bancas e lojas do Antonio Franco e do Thales Ferraz vão abrindo gradativamente e, às 07:30h, horário que saímos de lá, muitas ainda estavam fechadas.

Para mais informações sobre mercados e feiras livres de Aracaju, clique aqui.

Quer continuar o passeio pelos Mercados? Leia também:

Guloseimas do MercadoRestaurante Caçarola no Mercado Antonio Franco.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.146 outros seguidores