Jardins de Monet – Como ir de Paris a Giverny

13 fev

GIVERNY – JARDINS DE MONET

Giverny  é o lindo vilarejo francês localizado na Região da Normandia,  famoso por abrigar a casa e os jardins de um dos ícones do Impressionismo, o pintor CLAUDE MONET.

ESSENCIAL:

#ficaadica 1 – Conhecer a Fundação Claude Monet, visitando a casa e os jardins que inspiraram o pintor. Na fundação há ótimos livros e lindos souvenires que vão na mala como lembrança desse delicioso passeio.

Casa de Monet – Fondation Claude Monet

Endereço: Rua Claude Monet, nº 84, Giverny. Telefone: 02  32 51 28 21

Ingresso: 6,00 EUR – dá acesso à Fundação, à casa e aos Jardins.

Ingresso (frente e verso) – Fondation Claude Monet

 

#ficaadica 2 – Almoçar no Ancien Hôtel Baudy . O lugar já hospedou  grandes nomes do impressionismo como Renoir. A comida é boa, preço acessível e, além da possibilidade de almoçar no salão, você também poderá fazer sua refeição no agradável terraço em frente ao Hotel, embaixo de árvores e com vista para um belo campo. Fica na mesma Rua da Fundação, um pouco antes desta no sentido Vernon/Giverny.

Almoço no terraço do Hôtel Baudy – GIVERNY

Endereço: Rua Claude Monet, nº 81, Giverny –Telefone 02 32 21 10 03.

– Preços razoáveis (entre 15 e 20 EUR por pessoa)

 

COMO CHEGAR:

– Em Paris, pegar metrô até a estação Saint Lazare. Descer nesta estação e subir até a Estação de trem – Gare Saint Lazare – Placas indicativas mostrarão como chegar à Estação. A Gare Saint Lazare fica logo acima da Estação de Metrô de mesmo nome. #ficaadica3 – Faça do Mapa de Metrô seu melhor amigo. Ele ajuda muuuito (mapa do metrô de Paris disponível aqui).

– Comprar bilhete para VERNON.  O itinerário desta linha é PARIS-ROUEN.  Então, no painel de embarques da estação aparecerá ROUEN. Fique atento ao horário e à plataforma. Procure saber os horários para ROUEN na própria estação ou no site da SNCF .

PapoNerd: 1. A Gare de Saint Lazare foi pintada por Monet em 1877, no quadro “La Gare Saint Lazare”/ 2. Rouen é a cidade onde a heroína francesa, Joana d’Arc, foi queimada em praça pública em 30 de maio de 1431 . Para quem tiver tempo e interesse, vale muito a pena dar uma esticada até lá.

Painel de Embarque – Gare Saint Lazare

Passagem de Trem PARIS/VERNON

– Ao  descer em VERNON, pegadas no chão indicarão “GIVERNY”. Elas te levarão ao portão de entrada da Estação, de onde saem os ônibus para GIVERNY. Também, logo em frente à estação de trem, em um pequeno restaurante de esquina, é possível alugar bicicletas.

Indicação “GIVERNY” na Estação de Trem de Vernon

Aluguel de bicicletas em frente à Estação de Trem – Vernon

– O aluguel de uma bicicleta por um dia custa 6,00 EUR e a distância até GIVERNY é de aproximadamente 7 Km. No aluguel da bicicleta seu passaporte fica com o locador até seu retorno. Se tiver ânimo, vá de bicicleta. O passeio é tranqüilo, por uma bela ciclovia que vai de VERNON  a GIVERNY numa linha reta.  Siga direto na ciclovia e, algum tempo depois de sair de Vernon,  verá as casas de Giverny surgirem. Mais adiante, à sua esquerda, surgirá o Ancien Hôtel Baudy e, na mesma rua, Rue Claude Monet, um pouco à frente, à direita, estará a entrada para a Fundação Claude Monet. Não tem errada! A entrada da Fundação é uma pequena porta em um grande muro e geralmente tem fila. Em frente tem um estacionamento (inclusive para bicicletas), com umas lojinhas lindas na sua lateral, entre elas o Les Nympheas, um pequeno e gracioso restaurante e casa de chá (#ficaadica também).

Ciclovia VERNON-GIVERNY

Localizando a ciclovia: Ao sair do local onde se alugam as bicicletas, em VERNON, siga em frente e vire à esquerda ( a própria rua faz uma curva nesse sentido). A partir daí siga reto até chegar na ponte sobre o Rio Sena. Atravesse a ponte e, um pouco mais à frente, à direita, aparecerá a rodovia. Passe direto e, um pouco mais à frente, à direita, começará a ciclovia (acho que com base na foto não será difícil identificá-la).  Ao alugar a bike, eles, provavelmente, te darão um mapinha improvisado, mas que ajuda, embora, pelo mapa você seja induzido a ir de bicicleta pela rodovia, o que não é seguro. Localize a ciclovia e viaje tranquilo.

Ônibus: Para quem preferir ir de ônibus, a viagem até Giverny dura em média 10 minutos e os ônibus saem da entrada principal da Estação de Trem de Vernon. Os horários são combinados com os horários dos trens.

QUANTO TEMPO:

– A viagem  de trem Paris/Vernon dura 50 minutos.

– O passeio de bicicleta é mais difícil definir, mas dura entre 30 e 40 minutos em um ritmo bem tranquilo, com paradas para fotos ou para curtir a paisagem.

No meu caso, saí de Paris no trem de 10:20h (comprei apenas a ida) e retornei no trem das 17:52h. Fomos para Giverny de bicicleta. Deu para fazer tudo, sem pressa!!

 

#ficaadica 4 – Les Nymphéas, uma série de murais que têm como motivo central as famosas ninféias (plantas aquáticas) que boiavam nas águas do jardim de Monet em Giverny, é uma das mais belas obras do pintor e hoje pode ser visitada no Museu Orangerie (em frente à praça Concorde, no  Jardin des Tuileries, Paris). Caso tenha interesse, rola um passeio casadinho Museu Orangerie + Giverny aqui.

Jardin d'eau - Monet - Giverny

#ficaadica 5 – Para conhecer mais sobre a vida e obra de Claude Monet e sobre o Impressionismo, assista ao documentário da BBC sobre os Impressionistas aqui.

Impressionistas - BBC

Observação importante: As informaçãos, inclusive valores, constantes neste post se referem a setembro de 2010. Para informações atualizadas em 2012, leia também  Jardins de Monet – 2012 . Vai   conferir! Algumas coisas mudaram 😉

OUTRAS INFORMAÇÕES:

http://www.conexaoparis.com.br/

http://www.fondation-monet.com/

http://www.giverny.fr/

TRENS e ÔNIBUS:

http://www.sncf.com/

http://www.pariscityrama.com/fr/

TOUR MUSEU ORANGERIE e GIVERNY

www.ticketbar.eu

MAIS PASSEIOS EM PARIS

INGRESSOS PARA O LOUVRE

VERSAILLES À NOITE

SHOW E JANTAR NO MOULIN ROUGE

City Tour + Cruzeiro + Almoço na Torre Eiffel

– Todos os serviços e passeios oferecidos em Paris AQUI.

MAIS SOBRE PARIS: 

Paris de metrô

Roteiro fácil para a Sacré Coeur

Uma noite no Moulin Rouge

Nossa dica de hotel em Montmartre

Anúncios

29 Respostas to “Jardins de Monet – Como ir de Paris a Giverny”

  1. Renato 27/02/2011 às 17:30 #

    Fiquei na dúvida sobre a questão do horário na passagem de trem. É possível usar a passagem várias vezes dentro deste prazo?? Já que, como li no outro post, não conferem o bilhete?

    • misscheck 27/02/2011 às 17:39 #

      Olá Renato!!! Obrigada pelos comentários!!! Como postei, não entendi pq não conferiram os bilhetes na ida, sendo que na volta um funcionário passou de poltrona em poltrona conferindo e fazendo um furinho para invalidá-lo. E referente à validade, o que acontece: Eles vendem um bilhete válido por dois meses, sendo que, neste período vc escolherá a data e o horário para utilizá-lo, contudo, uma única vez, ok??? Caso tenha outras dúvidas, é só perguntar!!!

  2. Cintia 16/04/2011 às 23:39 #

    Menina, suas dicas são ótimas. Estão me ajudando muito.

    Visito Paris em Agosto e seu blog está sendo de grande ajuda. Está nos meus planos visitar o Jardim e gostaria de visitar o restaurante. Vou com o orçamento meio apertado e não gostaria de ter supresinhas. Kkkk. Vc pode me falar um pouco mais, pode ser por email.

    Bjs e até mais,

    Cíntia Masa.

    • misscheck 17/04/2011 às 06:07 #

      Olá, Cíntia!!! Olha, quando estive em Paris, também estava com o orçamento apertadinho, mas não cheguei a levar sustos, não!! Exceto no Le Café Marly, no Louvre (já falei dele aqui). Em Giverny, acredito que nossa conta (eu e meu namorado) não passou de 40 Euros. Eu pedi uma entrada, que me serviu como almoço (eu como pouco 😦 ) e ele pediu um prato: peru ao molho de champignons. Coca-cola para beber. Na época, nem imaginava fazer o blog, aí acabei não anotando os preços do cardápio. Além do Hotel Baudy, na própria Rua Claude Monet há algumas outras opções, que me pareceram mais simples, talvez sejam mais em conta. Mas, se puder, se permita almoçar no hotel, no terraço.. É muito agradável e você fecha com chave de ouro seu “tour Impressionista” pelo Vilarejo rs rs.
      Abraço

      • Cíntia 18/04/2011 às 10:52 #

        Obrigada pela resposta. Apesar de não ser a primeira, viagem internacional me dá sempre um medinho dessa coisa de trocar dinheiro.

        Adorei seu blog e as dicas.

        Abços.

  3. Poliana 01/07/2011 às 23:37 #

    Adorei!!! A forma que você aborda os roteiros com seus itinerários é bem explicativa , fica parecendo simples. Gostaria de conhecer Paris e em breve devo realizar este sonho e seu blog é de grande ajuda. um abraço Poliana

    • misscheck-in 02/07/2011 às 22:39 #

      Oi Poliana!
      Estou torcendo pela sua viagem a Paris! Tenho certeza que você vai amar!!
      E qualquer coisa em que possa ajudar, estou à disposição, ok?
      O e-mail é o misscheck-in@hotmail.com
      Abraço,
      Anna

  4. Célia (@regina26) 24/09/2011 às 05:23 #

    Importante falar mesmo sobre validar o bilhete, pois se a gente não validá-lo nas máquinas azuis que ficam na cabeceira da plataforma, corremos o risco de multa. O bacana é que o pessoal mesmo que trabalha na estação acaba ajudando muito quando estamos perdidos. E é raro não checarem o bilhete durante a viagem (em todos os trechos que fizemos de trem, sempre passava um fiscal da SNCF).

    • misscheck-in 24/09/2011 às 17:41 #

      Oi Célia! Validar o bilhete é uma dica importante, mas caso compre na estação, direto no balcão (que foi o nosso caso), ele já vem com aquela imagem tipo código de barras/QR code (confira na foto), então, já vem validado. Caso não tenha a imagem, de fato, é preciso validar.
      Quanto aos fiscais, você vê? kkkk Fomos os sorteados para a “não” vistoria kkk Mas na volta sim, o fiscal passou fazendo um furinho no bilhete.
      Abraço e valeu pelas dicas.

  5. Jose Carlos 04/12/2011 às 17:34 #

    boa noite
    estou montando minha viagem para Maio de 2012.
    queria fazer o trajeto de trem de Paris a Vernon e depois Rouen
    mas tenho que levar malas (2) (minha e de minha esposa)
    tenho duvidas onde poderia guarda-las.
    Pesquiso e não acho resposta.
    Existe maleiro na estação de Vernon?
    O hotel Kyriad Vernon St Marcel fica proximo á estação? Rue de la Poste, 11.
    Voce poderia me ajudar?

    obrigado mesmo que sua resposta seja , NAO

    • Anna Guimarães 05/12/2011 às 00:35 #

      Olá, José Carlos!
      Por coincidência, também estarei lá em Maio. E mais uma vez irei no esquema bate e volta a Giverny.
      Para o seu trajeto de Paris a Rouen, o ideal mesmo seria ir sem bagagem, caso o passeio fosse curto, como foi o nosso (fizemos Vernon e Giverny em um dia). Mas já que precisa levar malas, não sei te dizer se na estação de VERNON há guarda-volumes, mas lá na Europa eles costumam ser regra. É bem provável que tenha, embora a estação seja bem “resumida”. Na pior das hipóteses, você pode negociar com o dono do restaurante que aluga as bicicletas para Giverny para deixar suas malas com eles (é uma alternativa).
      Quanto ao hotel, pelo o que pesquisei ele fica em Saint Marcel, coladinho em Vernon. Dei uma olhada no mapa e vi que fica a algumas quadras da estação (Gare). Talvez se o seu plano é ir a pé, pode render uma boa caminhada. Confira no link: http://www.kyriad.com/en/images_hotels/hotel-kyriad-vernon-st-marcel-accessmap-FRA22338.jpg

    • Aline 17/03/2016 às 22:10 #

      Olá Jose,
      Estou procurando saber se a estação de Vernon possui guarda-volume, como vc já fez sua viagem deve poder me ajudar…
      Quero passar o dia em Giverny e dormir uma noite lá, mas o checkin é as 17 00 h e preciso deixar as malas em algum lugar, pois no dia seguinte irei de manhã par Bruxelas.
      Agradeço desde já.

      • Anna Guimarães 18/03/2016 às 02:30 #

        Aline,
        Não posso afirmar com certeza, pois não atentei para esse detalhe em Vernon,
        mas a maioria das estações de trem contam com guarda-volumes 😉

  6. Fernando Ribas 30/01/2012 às 09:48 #

    Olá MissCheck-in, primeiramente parabéns pelo bog, excelentes dicas, inclusive com valores que ajudam bastante na hora de planejar a viagem, estou indo com minha familia em agosto, e a única exigência da minha mãe é Giverny, e eu gostaria de saber se as pessoas da terceira idade tem descontos em entradas de museus e monumentos como aqui no brasil. já pesquisei bastante mas nao encontrei essa resposta. obrigado Fernando

    • Anna Guimarães 31/01/2012 às 07:28 #

      Olá Fernando!
      Deixa eu te dizer que estou na mesma situação que você… rs rs. Vamos a Paris em Maio e meu pai também quer essa informação. Já corri atrás de alguns blogs para tirar a dúvida, mas até o momento nada. Assim que tiver alguma novidade, entro em contato contigo, ok?
      Ah! E quanto aos valores, coloco para dar uma noção de custo, mas vale considerar que podem estar desatualizados, já que são relativos a setembro de 2010. Caso tenha atualizações, é só nos enviar que postamos aqui.

      Abraço,
      Anna

  7. Anna Guimarães 31/01/2012 às 10:39 #

    Fernando! Mais uma diquinha!
    Talvez já conheça, mas vale reforçar. Confira os posts sobre Giverny da Lina, do ConexãoParis, a blogueira PHD em Paris e França.
    Confirmei com ela e, de fato, não há descontos para idosos em museus ou monumentos, ok?
    http://www.conexaoparis.com.br/category/giverny-casa-e-jardim-de-monet/

  8. Laise Alves 13/04/2012 às 12:20 #

    Estou indo em final de agosto e pretendemos fazer o trajeto de bike vernon-giverny. Meu unico receio é deixar passaporte com a pessoa do aluguel da Bike. Não aceitam outro documento?

    • Anna Guimarães 15/04/2012 às 19:58 #

      Oi Laise!
      Você pode negociar, mas não posso garantir que terá sucesso. Mas é seguro. Eu fiz isso, amigos meus, recentemente, também fizeram. Nunca soube de problemas, mas não custa nada tentar deixar outro documento, ok?

  9. Nanda Nunes 25/07/2012 às 15:57 #

    Olá Miss Check-in!
    Eu tbém visitei os Jardins de Monet em Giverny, mas fiz parte do roteiro de ônibus.
    No meu post sobre os Jardins de Monet, coloquei um link para este seu post para ajudar quem decidir fazer o passeio de bicicleta, okay? =)
    O post é este aqui: http://www.photogirlchic.com/361/jardins-de-monet/
    Beijos!

    • Anna Guimarães 26/07/2012 às 14:58 #

      Oi Nanda!
      Obrigada pelo link. Vou, inclusive, atualizar o post… Aí, aproveito e “linko” seu post também, ok?

      Abraço,
      Anna

  10. Lyanne 11/11/2012 às 15:20 #

    Thanks for sharing 🙂

  11. Clarice 29/11/2012 às 06:32 #

    You write good articles, i will always be concerned about it.

  12. Renata 26/08/2015 às 18:01 #

    Oi! Seu post está fantástico, você escreve tudo bem explicadinho. Quero fazer o passeio de bike, mas provavelmente estarei sozinha, vc acha perigoso o caminho para ir só?
    Obrigada e parabéns pelo blog.

    • Anna Guimarães 29/08/2015 às 22:23 #

      Oi Renata!
      Mandei e-mail pra você. Não estava conseguindo responder por aqui.
      Fica tranquila que Vernon e Giverny são muito pacatas.
      Você vai amar o passeio.
      Abraço,
      Anna

      • Renata 29/08/2015 às 22:29 #

        Oi Anna, obrigada. Fiquei mais animada pra ir, vou seguir sua dica e escolher um sábado para o passeio. Estou adorando seu blog. Bjos!

      • Anna Guimarães 29/08/2015 às 22:33 #

        Isso!
        Com a ciclovia movimentada, garanto que você vai se sentir mais segura.
        E uma coisa é certa: é um passeio imperdível 😉
        Depois me conta o que achou.
        Beijo

Trackbacks/Pingbacks

  1. Jardins de Monet - Photogirlchic - 24/07/2012

    […] opção é ir de bicicleta! Logo na frente da estação de trem tem uma loja que aluga e neste post da Miss Check-in tem todas as informações úteis para sair pedalando até […]

  2. PARIS de METRÔ – rápido e fácil. | Miss Check-in - 14/01/2014

    […] – Como ir de Paris aos Jardins de Monet – Giverny […]

  3. Jardins de Monet – Giverny: atualizações 2012. | Miss Check-in - 14/01/2015

    […] – Para chegar a Vernon, ponto de partida para Giverny, mais uma vez optamos pelo trem, partindo da Estação de Trem Saint Lazare, em Paris, onde pegamos o primeiro trem para o Rouen   (Detalhes de como chegar a Giverny aqui, no nosso primeiro post sobre essa viagem): […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: