Paul McCartney – Engenhão/Rio – 23.05.2011

29 maio

Essa é uma data que com certeza eu nunca vou esquecer…

 

Quando ouvia o Rei Roberto cantarolar “se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!”, não tinha a exata dimensão da coisa… Agora, depois de presenciar o eterno Beatle cantando e pipocando “Live and let die”, eu entendo!!!  rs rs rs.

No ingresso, estava marcado para as 21:30h. Acostumada com os atrasos brasileiros, de pelo menos uma hora, procurei logo sentar um pouquinho para descansar as perninhas:

Ocorre que, britanicamente e impreterivelmente às 21:30h, as luzes apagaram e Sir Paul subiu majestoso ao palco… 

E, a partir daí, prepara o coração, porque foi uma emoção atrás da outra… Piano, guitarra, violão… Ele é uma elegante máquina de fazer música… E a banda dele é um show à parte, são incríveis também e te permitem cogitar, ainda que remotamente, o que seria ir a um Show dos Beatles. Duas horas e meia de pura técnica e delírio…

Resumindo: 0 show foi fantástico… Surpreendente! Conseguiu superar  minhas já altíssimas expectativas. Cansei, me estressei, me enforquei  (financeiramente), mas faria tudo de novo, mil vezes.

E não adianta eu ficar aqui tagarelando e blablazando pra vcs. Não vou conseguir descrever aquela emoção que te pega de surpresa, arrepia todos seus cabelos e, de repente, te faz chorar, mesmo sem sua permissão! É o tipo da coisa que só ao vivo meeeesmo para se ter a exata dimensão da energia. No próximo, se aperte um pouquinho, dê uma “estouradinha” básica no limite do cartão, mas, NÃO DEIXE DE IR, ok???

AEROPORTO-HOTEL:

A viagem começou às 5:30h, saindo de Feira de Santana para o Aeroporto de Salvador.

Chegamos no Rio às 11:20h e, para chegar ao Hotel, na Glória, pegamos o ônibus Real Premium. Não tem errada, saindo do desembarque e indo na direção da parada dos táxis, o ponto está à esquerda:

 

São ônibus executivos que fazem várias rotas pela cidade. A rota para a Zona Sul custou R$ 9,00 (por pessoa) e, em média, há ônibus de meia em meia hora:

HOTEL:

Como já havia dito no post anterior, reservei uma diária –  por R$ 180,00 –  no MAGIC PALACE HOTEL através do booking.com . Tudo certo! De cara já gostei da localização. Sempre simpatizei com a Glória, embora nunca tivesse oportunidade de conhecê-la de perto. Adorei! Tem um clima bem carioca e é super tranquila.

Praça Luís de Camões

Alto da Igreja da Glória

O Hotel, localizado na Rua Santo Amaro, também é bacana e a relação custo-benefício é bastante satisfatória. Gostei do atendimento, os funcionários são atenciosos e simpáticos. E também gostei das instalações:

O quarto também é legal, embora não seja novo, é grande, confortável e limpo.

O banheiro também é satisfatório e conta com uma banheira, digamos, de “casal”:

Na verdade, toda estrutura remonta a um ambiente de motel e é meio estranho se deparar com alguns resquícios deste tipo de acomodação, mas nada que prejudique sua estada:

A diária incluía café da manhã, mas como saímos às 05:00h, não usufruímos da refeição. Ainda assim, no check-in, fui até o salão e gostei, me pareceu aconchegante:

A vizinhança também é bacana. Na esquina há uma confeitaria que funciona 24 horas e nas proximidades há várias casas comerciais e restaurantes:

O trajeto hotel-aeroporto (Galeão), às 05:00h, fizemos de táxi, providenciado por  um funcionário do hotel (há um ponto de táxi bem em frente). A corrida, embora não tenha sido cobrada pelo taxímetro, saiu em conta: R$ 50,00 (já paguei mais em distâncias menores).

Pagamos pela diária o preço acertado através do site: R$ 180,00, mas, ATENÇÃO: a esta quantia foi acrescido ISS, no valor de R$ 9,00.

TRANSPORTE PARA O SHOW:

Como vinha acompanhando o site do metrô do Rio, sabia que eles haviam feito um esquema especial de acesso ao show, sendo que o pacote especial ficaria em R$ 8,40, contendo ida e volta de Metrô e SuperVia (trem):

O esquema foi perfeito. Você ia de metrô até a Central do Brasil e lá inúmeros funcionários davam as direções por megafone. Não tinha como ficar perdido. Eles fizeram um acesso exclusivo para embarque nos trens que iriam até o Engenhão (estação de trem Engenho de Dentro)  e os trens também eram exclusivos, só transportando aqueles que tinham o ticket de trem específico do show. Barato, rápido e eficiente. Nota dez.

Chegada na Estação Engenho de Dentro.

Claro que o retorno foi uma mega muvuca. Praticamente um estádio inteiro se espremendo para entrar na estação, mas já estávamos preparados para isso e sabíamos que esta escolha de transporte não incluía conforto no pacote.

Metrô:

A escolha do hotel, além do preço, também se deu em razão da proximidade da estação de metrô da Glória (mapa do metrô aqui). Exatamente como o prometido, a estação fica bem próxima. Saindo da Rua Santo Amaro e virando à esquerda, basta andar alguns metros e logo se chega a um dos acessos da estação.

Estação da Glória

Para sair da estação por este mesmo acesso, basta pegar a saída da Rua Santo Amaro ( à direita das catracas de saída do metrô):

E O RIO DE JANEIRO CONTINUA SENDO:

Embora estivéssemos acordados desde as 04:00h, com apenas uma tarde livre no Rio, deixamos o cansaço na mala e saímos para  tentar aproveitar cada segundo da cidade maravilhosa.

Passeamos um pouco pela Glória:

E, de lá, fomos de metrô  até Copacabana – Estação Siqueira Campos:

Caminhamos um pouco pela Av. Atlântica:

 E, caímos no erro de almoçar no Deck Restaurante, um daqueles que fica bem na avenida, já próximo à esquina com a Rua Siqueira Campos:

Para nos conquistar, o  garçom foi super simpático e atencioso… Mas só até aí. Depois que fizemos o pedido, ele sumiu e nos deixou desamparados. Fizemos dois pedidos e ele, por sua conta, decidiu que só deveria pedir o segundo, após termos comido o primeiro. Resultado: perdemos preciosos e mais preciosos minutos da nossa tarde (ficamos mais de uma hora esperando o segundo prato) com a cara pra cima, esperando a comida que não chegava nunca. Assim como a conta, que não chegava nuuuunca também.

Não bastasse isso, nenhum dos dois pratos me agradou e a conta ainda me saiu R$ 61,00 de puro desgosto. Talvez eles sejam melhores como pizzaria (também servem pizzas).

Camarão Hawaii - R$ 28,00.

Talharim Alfredo

No caminho até estação de metrô, na Rua Siqueira Campos, encontramos um boteco de esquina muito gracioso… Ai que raiva de não ter comido aí:

Mas… Fica pra próxima… Que está bem próxima, inclusive… kkkkkk…Surtada como sou, claro que achei que o Rio ficou muito muito muito pela metade e, assim, aproveitando uma promoção linda da TAM, comprei as passagens para passar o São João por lá! kkkkkkkkkkkkkkkk… Gente doida é assim!!!!

Mas, voltando à raiva da má escolha alimentar, ainda no caminho de volta até a Estação Siqueira Campos, acabei afogando minhas mágoas e minha fome em um saco (de R$ 2,00) de pipoca doce… Foi meu sustento até o dia seguinte ( já avisei que como pouco…kkkkkkkk).

E, finalizando a saga #ShowdoPaul, tenho que relatar que, na volta, em Salvador, já arrasada, moída, triturada e passadinha na farinha de cansaço… rs rs rs… Embarcamos e… Após uns 40 minutos dentro do avião aguardando a liberação do voo para Aracaju, eis que o comandante da aeronave solicitou gentilmente que todos desembarcassem, pois o AEROPORTO de ARACAJU estava FECHADO em razão do mau tempo… E agora, São Infraero das Causas Aéreas? A Gol providenciou um ônibus para levar os interessados até o destino final. Resultado: deveria chegar em Aracaju às 14h. Chegamos às 21:30h. Mas, na espera pelo ônibus, rolou uma refeição paga pela empresa… Gostei, viu?  rs rs rs… Não vou mentir… Primeira vez que comi de graça nesse aeroporto…kkkkkkkkk… Escolhemos uma pizzaria show de bola!

Aracaju realmente estava “O” caos, #alagaju total. Essa aí é avenida de acesso à minha casa:

Mas valeu cada segundo de stress… Como disse no início, faria tudo de novo 🙂 

No voo entre Rio e  Salvador, adoçando nossa vida de viajantes bate e volta, sem dormir há quase 30 horas, ainda tivemos o prazer de viajar em ilustre companhia:

Coisa linda, minha gente! Esse cão-guia fofo, super dócil e comportado, parecia um lord inglês (… ainda na vibe do Paul… rs rs). Como diz a Gina ( do GINAPSI’S BLOG ), “paixonei”!!!

Anúncios

3 Respostas to “Paul McCartney – Engenhão/Rio – 23.05.2011”

  1. Santana 30/05/2011 às 10:31 #

    Até Miss Check-in, uma viajante internacional e policial experiente, rs rs rs, foi enganada por carioca sacana, ainda bem que você é uma moça fina, educada, e esperou pacientemente, porque se fosse comigo que sou do tipo casca grossa, eu iria até esse garçom filho da mãe e lhe dizia umas verdades.
    Eu acho que na sua próxima viagem ao RJ você não vai cair na tentação de ir mais uma vez no Deck Restaurante. rs rs rs. Mas, para assistir Paul McCartney ao vivo, vale qualquer sacrifício.

    Gostei do termo Alagaju, realmente naquele dia Aracaju alagou total.

  2. Gina 03/06/2011 às 17:21 #

    Que sensacional esse post do show do meu ídolo Paul!!! Dos tempos de mocinha (rsrs)!
    Que aventura essa, menina!Valeu as dicas, bem detalhadas, legal!
    Grata pela citação do ginapsi.
    “Paixonei” pelo seu blog, Anna!! Bj

    • misscheck-in 03/06/2011 às 21:15 #

      Estou enganada ou este é um comentário vindo direto do CANADÁ??? Que honra!! kkkkkkkkkkk
      Como estão as coisas por aí?? E suas meninas?? Vi o blog da sua filha… Lindo!!
      Beijos pra vocês!! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: