Panela de Minas – TIRADENTES.MG

27 nov

28/10/2011 –  O Panela de Minas foi nosso primeiro contato com o comércio de Tiradentes. Após quase dez horas de viagem (contando desde o embarque em Salvador), chegamos exaustos e famintos no centrinho da cidade. Saindo de São João del Rei, em uma linha reta você vai dar direto no Largo das Forras. Às 15h não tínhamos mais  fôlego para escolher minuciosamente um bom local para comer. Entramos então no  Panela de Minas, a poucos passos da Largo, em um apresentável casarão da Av. Ministro Gabriel Passos, ao lado da Agência do Bradesco.

O restaurante conta com dois  salões arejados por grandes janelas no bom e velho estilo colonial. A decoração é simples, objetiva, sem muita “frescura”, mas bastante agradável.

Os garçons, simpáticos e receptivos, logo nos ofereceram uma mesa ao lado dos janelões que se abrem para a rua e, tão logo sentamos, fomos direto ao assunto: o cardápio, por favor!

Pedimos uma porção de linguiças como entrada, que não demorou a chegar… Ufa! Era o fim da nossa penúria alimentar. Queríamos só petiscar alguma coisa enquanto aguardávamos o prato principal, mas fomos surpreendidos por uma  travessa abarrotada, ideal para comermos por uma semana… kkkkkkk (Opa! Vale dizer que a foto não ajuda, não retrata a exata dimensão da porção… kkk) 

Porção de linguiça (entrada) – R$ 18,00.

Tão gostosinhas que não conseguíamos parar de comer. Mas tínhamos que ter folga para o segundo pedido, um Frango à Macedônia que o garçom garantiu que servia duas pessoas:

Frango à Macedônia - R$ 42,90.

kkkkk… De cara percebemos que ele estava enganado. O prato vinha com quatro generosos pedaços de frango, cobertos com molho branco e queijo gratinado. Uma delícia, mas comida demais para dois estômagos limitados. Se você também não for da turma dos comilões, melhor pedir meia porção. O arroz branco de acompanhamento parecia tão comum que nem ia tirar foto, mas na primeira garfada percebemos o porquê da fama da cozinha mineira. Eles fazem coisas simples com um tempero tão especial que torna qualquer arroz branco inesquecível (por essa eu não esperava… Nunca espero nada de arroz de branco! rs)

Para finalizar, uma sobremesa simples e saborosa, bem mineirinha: figo e queijo minas.

Sobremesa - R$ 6,00.

O restaurante funciona neste endereço há 17 anos. Serviço a la carte de terça a sexta. Sábados, domingos e feriados, buffet self service  de comida mineira no fogão à lenha. O quilo custa R$ 36,70.

 Uma das garçonetes nos informou que só funcionam para almoço, de terça a domingo das 11h às 19h. Há pretensão de também abrir para jantar, mas, por enquanto, apenas almoço mesmo. Aceitam cartões de crédito.

O atendimento estava excelente quando chegamos. Havia apenas quatro mesas ocupadas. Mas bastou o salão encher e o atendimento ficou lento e amarrado. Para nós tudo certo, mas talvez para os mais exigentes esse ponto conte negativamente.

No nosso último dia na cidade, domingo (30/10/2011), antes de ir embora nos permitimos uma última sobremesa à mineira (onde “à mineira” = queijo minas + qualquer coisa igualmente saborosa). Para tanto, fizemos uma pausa de despedida no self service do Panela de Minas e realizamos nosso último desejo.

O pudim, um show à parte. O Hélio atacou o coitado e, não satisfeito, foi lá e repetiu a dose, quase limpando a travessa:

E no peso, tudo mais baratinho, sem desperdício:

Assim, começamos e encerramos nossa saga tiradentina no Panela de Minas.  Barato barato não é, mas dá para aproveitar sem gastar tanto, já que no peso cada um responde por si  e no a la carte, como as porções são generosas, evitando  os excessos pode sair em conta. No nosso caso, o desperdício rendeu uma conta salgadinha. Dispensando a entrada e pagando apenas por uma meia porção, teríamos economizado e comido bem da mesma forma.

Resumindo, #ficaadica de um bom lugar para comer no Largo das Forras. Bom atendimento e  boa comida em um ambiente simples, mas muito simpático:

Só para não perder o costume de falar besteira… Tenho que comentar que bem em frente ao Panela de Minas fica o “Dona Xepa”. O curioso é que, parecendo compreender a temática do local (já que, segundo meu dicionário baiano, “xepa” significa tirar uma lasquinha na coisa alheia), todos os dias havia olhinhos pidões na porta do restaurante. Uma graça!

Coisas de Tiradentes! 🙂

 

Anúncios

8 Respostas to “Panela de Minas – TIRADENTES.MG”

  1. Kyzzes Barreto 27/11/2011 às 23:17 #

    Meu Deus! Engordei só de olhar, tô aqui babando

  2. Santana 28/11/2011 às 11:42 #

    São dois lindos cachorros, e estão bem gordinhos, escolheram bem o lugar, são uns belos “xepeiros”.
    Ainda bem que desta vez você não caiu na tentação de ir puxar conversa com eles. Lembra daquele cachorro em Algarrobo – Chile, que se apaixonou por você?

    • Anna Guimarães 28/11/2011 às 16:30 #

      kkkkkk
      Bem lembrado, Santana!
      Mas eu nunca perco a chance de tentar fazer amizade. Tentei falar com estes dois aí também, mas eles estavam mais concentrados em conseguir alguma lasquinha caída de qualquer mesa. Nem deram ousadia para nossa tentativa de aproximação.Danados! 🙂

  3. Panela de Minas 19/03/2012 às 22:24 #

    Parabéns pelas viagens, vivências, contribuições.
    Encontrei o Miss Blog – Miss Check-In por acaso, adorando-o.
    Obrigado pelos comentários, declarações sobre o Restaurante Panela de Minas, ficando honrrado, estando sempre a trabalhar bem para sempre servir.

    • Anna Guimarães 21/03/2012 às 17:56 #

      Ah! Que bacana esse feedback!
      Vocês não imaginam o quanto nós desejamos retornar a Tiradentes e, fatalmente, ao Panela de Minas.
      Ô terra de coisa boa, de gente boa… De tudo de bom! 😉

  4. Fábio Fernandes 29/06/2012 às 03:00 #

    Belo blog, estou fazendo meu Trabalho de Conclusão de curso, sobre a cidade de Tiradentes/MG, e foi de grande valia para mim visto que um dos restaurantes pesquisados é o Panela Mineira e não há em nenhum site fotos do cárdapio e do local tambem, sou do sul do Brasil (SC) e não houve tempo habil para viajar até la para realização de pesquisas, por isso blogs são formas indiretas muito boas de pesquisa. Adorei seu blog, continue postando comentarios deste genero.

    Att. Fábio Fernandes
    Acadêmico do curso de Gastronomia da Universidade do Vale do Itajaí.

    • Anna Guimarães 29/06/2012 às 09:51 #

      Oi Fábio! Obrigada!
      E vamos combinar que Gastronomia, Tiradentes e Minas formam um prato cheio para um TCC. Excelente escolha.
      Mas, assim que puder, vá até Tiradentes. Você vai ficar encantado com a gastronomia, simpatia e riqueza histórica daquele lugar.

      Abraço e boa sorte na conclusão do seu trbalho! 😉

  5. redson ferreira costa 04/11/2016 às 17:18 #

    as pesssoas falam que sao boas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: