ARUBA – BONAIRE – CURAÇAO – Dicas Úteis.

19 ago

abc_islands (imagem disponível em curacao-visitor.com)

As três ilhas – ARUBA, BONAIRE e CURAÇAO – compõem o Dutch Caribbean ou Caribe Holandês, visto que foram colônias holandesas. São banhadas pelo Mar do Caribe, logo acima da costa  venezuelana, e conhecidas também como o ABC (Aruba-Bonaire-Curaçao) do Caribe.

Mapa-Caribe (disponível em worldatlas.com)

Aruba é a mais estruturada para o Turismo. Curaçao, a mais estilosa e histórica, com raízes holandesas mais evidentes. Bonaire é a mais tímida das três, pitoresca em seu ritmo próprio e não menos encantadora com seu mar azul piscina e natureza intocada.

Willemstad, Curaçao – o centro histórico mais charmoso do ABC.

 – Aruba e Curaçao são países autônomos. Bonaire ainda está ligada aos Países Baixos. Para transitar por cada uma delas é exigido apenas passaporte .

– A capital de Aruba é Oranjestad. A de Curaçao, Willemstad. E a de Bonaire é Kralendijk.

TRANSPORTE

Avião – Apesar de serem muito próximas, não há transporte náutico entre elas. Para pinotar de uma para outra, só de avião. Algumas empresas locais fazem a ponte aérea entre elas, como a DAE e a Insel Air. Nós sempre voamos de DAE, nossa doidinha preferida! (falaremos dela em um post específico).

Só fique atento para as taxas de embarque de CURAÇAO, que não estão incluídas nos bilhetes aéreos, pelo menos não nos da DAE (para Aruba é cobrada taxa internacional e para Bonaire a taxa doméstica):

Taxas de Embarque de Curaçao (em Agosto de 2012)

Vindo do Brasil, a Gol tem um voo direto, semanal, para Curaçao, partindo de Brasília todo sábado. Para Aruba também há voos da Gol. Eu só encontrei o voo de retorno, Aruba – Guarulhos, partindo numa quinta-feira e com escala em Caracas.

Outra opção é voar até Caracas e, de lá, seguir pelas empresas locais (DAE ou Insel, por exemplo) até uma das ilhas. A vantagem desta opção é que para Caracas há voos diários partindo do Brasil e, nas milhas, você gasta apenas 10.000 pontos do Smiles contras os 15.000 para tirar o bilhete direto para Aruba ou Curaçao. A desvantagem é que Caracas é bem complicada e perigosa, por isso é bom ser cauteloso. Confira nossa péssima experiência em dezembro de 2011 aqui. Outra questão é que, por experiência própria, e lendo relatos de outros turistas, vale citar que as empresas locais, como a DAE e a Insel, têm o costume de mudar horários ou cancelar voos, às vezes, inclusive, sem avisar aos interessados.

Carro e Moto – Para curtir ao máximo qualquer das três ilhas, o ideal é estar motorizado. É possível alugar bicicletas, carros, motos ou ciclomotores. A escolha, basicamente, depende do seu gosto(e estilo) e do seu orçamento.  Aruba, por exemplo, tem paisagens incríveis ao leste da ilha, mas para chegar é preciso enfrentar trechos de puro e áspero off-road, por isso inclua na sua lista de opções veículos 4×4. A maioria dos visitantes alugam carro. Nós, chegados em uma aventura e com pouco dinheiro, adoramos passear de scooter 😉

Arisco trecho de acesso à Natural Pool em ARUBA.

Nós alugamos carro (em Curaçao) e três scooters (uma em cada ilha). Nos dois casos, valeu nossa carteira de habilitação nacional tipo A e B. Para o aluguel, esteja preparado para o bloqueio caução no seu cartão de crédito. No geral, o bloqueio costuma ser de 500 dólares. Trataremos das exceções em posts específicos.

A placa fofa de Curaçao no nosso Picanto alugado

Nossa motoca em Bonaire 🙂

Os postos de gasolina são no estilo self service. Você primeiro paga, aí liberam a bomba e você mesmo abastece (o que nos fez perceber que adoramos frentistas! rs)

Táxi – Os táxis, nas três ilhas, são vans e não são padronizados. Em Aruba são tabelados. Não são lá tão baratos. Prepare-se para pagar entre 30 e 35 dólares do Aeroporto a Willemstad, em Curaçao. Entre 20 e 30 dólares do Aeroporto para Oranjestad e Palm Beach, em Aruba. E,em Bonaire, do Aeroporto para Kralendijk são 10 dólares, até quatro pessoas (valores de agosto de 2012).

Ponto de taxi no Aeroporto de Bonaire.

Transporte Coletivo – Tanto em Curaçao como em Aruba há transporte coletivo, inclusive para os respectivos Aeroportos. Nas duas ilhas há ônibus e vans, estas bem parecidas com os táxis, mas são coletivas e percorrem linhas específicas. Nesta opção, gasta-se entre 1 e 2 dólares por viagem. Em Bonaire, não conte com transporte público.

Ônibus para o Aeroporto – Curaçao (1 dólar por pessoa)

Van coletiva, tipo taxi lotação, em Aruba – US$ 1,25 por pessoa.

IDIOMA:

Formalmente, diríamos que o idioma oficial é o holandês… Ou seria o papiamento? Pra falar a verdade, na prática, fica difícil saber. Eles falam um pouco de tudo – espanhol, inglês, holandês e papiamento. Este último, por sua vez, segundo descrição local, é de fato uma salada de frutas, uma equação idiomática descrita como espanhol + português + inglês + holandês.

Cardápio no dois idiomas locais – Curaçao

O que você realmente precisa saber é que, sobretudo em Curaçao, vai se deparar com placas e  cardápios incompreensíveis e vai acabar fazendo seu pedido no uni-duni-tê ou, na melhor das hipóteses, apontando para fotos do que pretende comer. Nem todos os estabelecimentos têm cardápios em inglês.

O Hélio tentando explicar seu pedido – Curaçao

Aruba é mais fácil. Como eles se sentem mais próximos dos americanos do que dos holandeses, o inglês perambula pela ilha pretensiosamente como local.

DINHEIRO

Para não errar na moeda, o dólar é a melhor opção. A moeda corrente de Curaçao é o Florin das Antilhas Holandesas. Em Aruba, o Florin Arubiano e, em Bonaire, o bom e velho dólar.

Florin Arubiano

O câmbio do dólar para os Florins (Aruba e Curaçao) é fixo – algo em torno de 1,75 florin para 1 dólar – e todas as transações, seja em restaurantes, hotéis, lojas, na maioria dos estabelecimentos,  são feitas nas duas moedas.


Já vi gente fazendo cálculos mirabolantes para ver o que sai mais em conta – dólar ou florin. Eu, particularmente, que não me dou com números,  levei meus  dólares e pronto. Eles costumam fazer a conversão seguindo o câmbio oficial. CONTUDO, esteja preparado para pagar em dólar e, às vezes, receber o troco em florin < e se for como eu, antigo mau aluno de matemática, ficar com tudo embaralhado na cabeça e na carteira >

Florins das Antilhas Holandesas – moeda de Curaçao.

Cartões de crédito são muito bem aceitos e nos caixas automáticos é possível sacar dinheiro direto da sua conta ou do seu cartão de crédito, desde que você esteja preparado para encarar as taxas naturalmente cobradas por esse tipo de transação. Antes da viagem, verifique esses detalhes e o procedimento do seu banco.

Banco do Caribe em Curaçao, onde é possível fazer câmbio e sacar no caixa eletrônico.

No geral, achamos Curaçao a mais cara das três ilhas. Uma ou outra coisa estava no mesmo preço ou, raramente, mais barata. Por isso, achamos Aruba melhor para as compras. E, ainda no quesito compras, vale a boa e velha dica dos supermercados. Dessa vez, encontramos os famosos licores de Curaçao e os deliciosos queijos holandeses com preços mais em conta nos supermercados e “mercadinhos”.

Queijo holandês no supermercado em Aruba.

SOL e PRAIA
Basicamente faz calor o ano todo. Mas calor de verdade. O clima é árido, a vegetação agreste e o sol arde na pele. O ideal mesmo é se lambuzar com protetor solar o tempo todo e estar dentro da água nos horários críticos (o que, já sei, vai de encontro a tudo que nos ensinaram, mas não tem jeito, vá por mim, a água é o único lugar viável entre 12h e 15h).

Seroe Colorado – Aruba

O mar é perfeito nas três ilhas. Já praia mesmo, como estamos acostumados, com extensas faixas de areia fina, encontramos com mais fácil em  Aruba. Em Curaçao e Bonaire já é mais complicado. Muitas pedras e praias estreitas de areia pedregosa, mas nada que ofusque o azul perfeito do mar do Caribe. Curaçao, embora seja a maior das três, as praias costumam ser pequenas e, algumas delas, artificiais, por isso, não estranhe as taxas cobradas para ter acesso.

Tickets para Seaquarium Beach – Curaçao (não, não é o ticket do estacionamento… Nós chegamos de táxi)

 ELETRICIDADE

A voltagem em todo ABC é 110/127 V. As tomadas são de dois pinos quadrados. Assim, sempre bom relembrar a importância de estar previamente equipado com o básico adaptador de tomadas (confira todas as tomadas e voltagens pelo mundo aqui).

LIGAÇÕES PARA O BRASIL

Catei em todo canto, mas não consegui achar o código da Embratel para fazer ligação a cobrar em cada ilha. Em Aruba, compramos um cartão telefônico de 10 dólares que dura pouco mais que cinco minutos falando com o Brasil. Já em Curaçao, ficamos cliente de uma Lan House com “locutórios”, nos moldes de Buenos Aires:

SITES ÚTEIS

ARUBA – http://guiadearuba.com/blog/  (sobre Aruba há vários sites, mas este foi o que mais gostei!).

BONAIRE – http://www.infobonaire.com/

CURAÇAO – http://www.curacao.com/pt

– Mais sobre Curaçao e Aruba aqui e aqui.

– Confira mais dicas diretas e bacanas em Links Úteis para sua viagem.

– Todas as informações constantes neste post referem-se a agosto de 2012.

Anúncios

59 Respostas to “ARUBA – BONAIRE – CURAÇAO – Dicas Úteis.”

  1. Lêda 23/08/2012 às 18:45 #

    Muito bom. Estou planejando minha lua de mel e o Caribe é uma das minhas opções.

    • Anna Guimarães 01/09/2012 às 20:48 #

      Oi Lêda!
      Acredito que você não vai se arrepender.
      Posso adiantar que o ABC pode ser o cenário ideal para uma lua de mel.
      Todo mundo nos perguntava se estávamos em lua de mel, acostumados com os inúmeros casais que vão pra lá por esta razão.

  2. Marcelo 24/08/2012 às 19:05 #

    Oi Miss!
    Achei teu blog por acaso, procurando fotos de Bonaire.
    Pretendo ir para a ilha no início do ano que vem.
    Hoteis por lá são muito caros? Vocês indicam algum?

    • Anna Guimarães 01/09/2012 às 20:46 #

      Oi Marcelo!
      Fizemos apenas um bate e volta a Bonaire. Não ficamos em hotel.
      Passamos o dia por lá e adoramos. Pretendemos voltar e dedicar pelo menos quatro dias só para esta ilha.
      Acredito que vc vai gostar. 😉
      Vou só ficar devendo a dica sobre hospedagem.

      • LUCIANA 19/02/2017 às 20:51 #

        Oi Anna. Fizeram um bate e volta paartindo de onde? Achei que só tinha acesso aéreo.. ficarei em curaçao, acha viável essa ideia para nós?

      • Anna Guimarães 20/02/2017 às 15:28 #

        Oi, Luciana!
        Tubo bem?
        Na época que estivemos lá, só havia transporte aéreo entre as três ilhas, como falamos no post.
        Não tenho informações atuais sobre isso, mas acredito que avião continua sendo o principal meio para circular entre as ilhas.
        Indicamos o site de algumas empresas no post.
        Para saber se é viável, depende muito do seu roteiro e de quantos dias pretende ficar. Passamos apenas um dia em Bonaire e curtimos. Rodamos a ilha de moto e para nós foi bem legal. Se esse for seu estilo, acredito que vai gostar também.
        Qualquer dúvida, estou por aqui.
        Abraço,
        Anna

  3. Bel 30/08/2012 às 21:38 #

    Obrigada pela recomendação, só que o link precisa ser atualizado. Agora é http://guiadearuba.com/blog/ 😀

  4. mari 24/10/2012 às 14:47 #

    OI Anna !
    Estou planejando uma viagem p o Caribe no ano que vem , estou entre punta cana e curaçao . A grande diferença é que em Punta quase tudo é all inclusive e em Curaçao não , vc tem ideia de quanto vcs gastaram por dia p comer e beber ??? Obrigada !
    Mariana

    • Anna Guimarães 24/10/2012 às 16:25 #

      Oi Mari!
      Levando em consideração que comemos pouco e somos bem alternativos, gastamos em média 60 dólares por dia (30 dólares por pessoa) com alimentação. Curaçao não é tão caro assim e tem muitas opções de restaurantes, de caros a baratos e com boa qualidade. Neste aspecto, acho que vc perde um pouco com o sistema all inclusive, pois deixa de apreciar muita coisa bacana que a culinária local tem a oferecer.
      Temos algumas dicas de restaurantes em Curaçao em https://misscheck-in.com/category/curacao/

      • Giovane Aguiar 25/12/2012 às 20:55 #

        Olá amigos não achamos no post suas dicas de hospedagem. Estamos indo em maio de 2013 e ainda não escolhemos o hotel em Aruba e estamos pensando em ir para Curação. Alguma sugestão? Obrigado

      • Anna Guimarães 25/12/2012 às 21:25 #

        Oi Giovane!
        Tudo bem?
        Pois é, fiquei de fazer posts específicos sobre os hoteis que ficamos, mas ainda não tive chance.
        Em Aruba, ficamos no The Mill Resort (http://www.millresort.com/pt). Gostamos muito. Ele fica em Palm Beach. Não é pé na areia como os demais, mas para chegar à praia, basta atravessar o hotel vizinho, o Westin (http://www.westinaruba.com/). Como Palm Beach não era nossa praia preferida, não fez diferença. O hotel é familiar, o quarto era excelente e as diárias as mais em conta que encontramos no período. Pretendo retornar a Aruba final do ano que vem e, provavelmente, voltarei a me hospedar no Mill Resort. Só é bom estar preparado para o bloqueio de US$ 100,00 que eles fazem no seu cartão de crédito no ato do check-in. Nos pegou de surpresa.
        Em Curaçao, já fizemos o post sobre o Scuba Lodge (https://misscheck-in.com/2012/11/11/scuba-lodge-suites-curacao/) . Gosto muito do Howard Jonhson também (o mais bem localizado). Ficamos também no Renaissance. Quarto luxuoso, piscina incrível, mas lotado e muito caro para turistas que, como nós, dedicam pouco tempo ao hotel.
        Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, é só falar.
        Abraço e Feliz Natal,
        Anna

  5. Jaira :) 03/01/2013 às 00:41 #

    Olá Anna!
    Você não sabe o quanto procurei aqui em Aracaju esse tal de “locutórios” para meu noivo chamar p Espanha, eu imaginava que não tivesse mesmo, mas ele não acreditava que aqui não existisse isso, já que lá tem vários, rss. Tivemos que recorrer a um cartãozinho de orelhão p chamadas internacionais, o que foi uma mão na roda. Penso até que saiu mais em conta. rss….
    Grande bjo querida

  6. Ricardo Froes 07/01/2013 às 01:20 #

    Excelente as dicas

    • Anna Guimarães 07/01/2013 às 15:09 #

      Obrigada, Ricardo.
      E se quiser, pode enviar suas dicas de Curaçao (e outra ilha que visitou) quando voltar.

  7. João Hungria 07/01/2013 às 19:50 #

    Suas histórias sempre hilárias *-* tô espiando os posts que não tinha visto ainda
    xeroo

    • Anna Guimarães 07/01/2013 às 20:19 #

      kkkk
      Essa pelo menos foi hilária, né?
      Pq a do ano passado… Ai ai.
      Saudade.

  8. Josiane Costa 11/02/2013 às 11:47 #

    Oi, Ana, você acha dezembro uma boa época para conhecer as 3 ilhas?
    Obrigada

    • Anna Guimarães 12/02/2013 às 00:23 #

      Acho sim, Josiane.
      Nossa primeira vez em Curaçao foi em dezembro de 2011. Pegamos sol e muito, mas muito calor.
      Gostei da data e esse ano pretendo retornar em dezembro. Pode ir tranquila.
      Abraço,
      Anna

  9. Mariana 15/02/2013 às 08:41 #

    Oi Anna!
    Eu e meu noivo estamos planejando nossa lua-de-mel que será no final de setembro/começo de outubro. Será que vamos pegar muita chuva nessa época em Aruba?
    Estamos pensando em ficar 3 dias em Curaçao e 6 dias em Aruba. Você acha que essa divisão está adequada para conhecermos as ilhas ou Curaçao merece uns dias a mais?
    Obrigada! Abs,
    Mariana

    • Anna Guimarães 15/02/2013 às 09:41 #

      Oi Mariana!
      Tudo bem?
      Então… Por lá não chove muito não. É mais ou menos como nosso Nordeste, praticamente sol o ano todo. Acontece uma ou outra semana de chuva, mas aí é uma questão de sorte ou azar. O jeito é ir acompanhando a previsão do tempo. Antes de ir, pesquisei e vi que dezembro era a época de chuvas. Na prática, pegamos um calor escaldante de 35 graus e céu limpo todos os dias. A regra é sol.
      Quanto a quantidade de dias, acho que sua divisão está legal. Curaçao é maior que Aruba e para esgotar a ilha você iria precisar no mínimo de uma semana. Mas para conhecer o básico, três dias resolvem bem. Aruba é menor, mas tem muitas opções turísticas. Em seis dias você consegue aproveitar bastante tudo o que a ilha tem pra oferecer: compras, passeios, praias, restaurantes. Com cinco dias e uma moto, conseguimos bater nos quatro cantos da ilha. Caso queira aproveitar mais Curaçao, poderia fazer então 4 dias por lá e 5 em Aruba… Mas, não sei porque, sempre tenho o pressentimento que as pessoas vão gostar mais de Aruba 😉
      O que não pode faltar mesmo é um transporte, carro ou moto. De outra forma, é bem complicado curtir as ilhas.

  10. antonio passos junior 11/04/2013 às 09:49 #

    Olá Ana , muito bom seus posts sobre o ABC , pretendemos ir em janeiro de 2014 como vc nos indica uma viagem que englobe as três ilhas ? vc acha que devemos ficar baseados em uma e visitar as outras ou ficar um tempos em cada uma delas , no caso não queremos ficar mais de 10 dias , se vc puder nos ajudar como um roteirozinho ou se souber de algum pacote ficaremos muito gratos , sairemos de Salvador , obrigado.

    Junior / Renata

    • Anna Guimarães 11/04/2013 às 22:48 #

      Olá, Junior! Olá, Renata!
      Se vocês têm pelo menos dez dias, acho que o ideal é dividir: cinco em Aruba, cinco em Curaçao.
      De Curaçao, podem fazer um bate e volta, como fizemos, a Bonaire. As três ilhas merecem mais tempo, mas acho que assim dá pra curtir as três dentro das possibilidades. Curaçao é a maior das três, exigiria mais tempos, mas para o básico, quatro dias resolve. Dentro disso, acho que dá para tirar um dia para conhecer Klein Curaçao (http://www.mermaidboattrips.com/). Bonaire é miudinha e em um dia dá para curtir o básico também. Aruba é menor que Curaçao, mas é a mais estruturada para o turismo, por isso acho que vale a pena ficar cinco dias por lá.
      Com mais calma, vou organizar um roteirinho básico e envio pra vocês, certo?
      Abraço,
      Anna

  11. Priscila R. P. Prósperi 21/04/2013 às 15:53 #

    Olá! Adorei o site e as dicas…
    Gostaria de saber se nesse bate e volta até Bonaire é fácil encontrar empresas que disponibilizem mergulho aos turistas, já que esse é meu maior interesse na ilha. É possível agendar um mergulho com antecedência? Há algum site com acesso aos preços?
    Obrigada.

    • Anna Guimarães 26/04/2013 às 08:18 #

      Priscila,
      Vou ficar te devendo essa informação, pois, como nosso foco não era mergulho, não procuramos nada nesse sentido.
      Mas, olha só, Bonaire é basicamente procurada para essa atividade, certamente é bem preparada nesse sentido.
      Confira algumas informações mais precisas nesse link http://goo.gl/MExrU Talvez possa ajudar.
      Abraço,
      Anna

  12. Caio Freitas 26/05/2013 às 04:27 #

    Oi tudo bem?

    Saberia me dizer se é necessario ter a carteira de habilitacao internacional para alugar um carro em Curacao, ou a CNH brasileira é aceita por lá?!

    Bjs

    • Anna Guimarães 26/05/2013 às 16:27 #

      Oi Caio!
      Nós não temos a carteira internacional e alugamos. O ideal é ter, maaaaaas… rs rs

  13. Jojo 10/08/2013 às 18:00 #

    Oi parabens pelo blog, preciso de uma ajuda ! Estou indo p aruba e duração e estou na Mário duvida se incluo Bonaire ou nao. Nao somos mergulhadores e nao sei se vale a pena ir na ilha , da p fazer snorkel ? Com e a estrutura ? Obrigada

    • Anna Guimarães 15/08/2013 às 09:35 #

      Oi Jojo!
      Olha! Acho que vale a pena sim.
      A ilha é uma gracinha e o mar é de um azul turquesa impecável. Muito lindo!
      Achei a mais tímida das três ilha para o turismo, mas, mesmo assim, acho que um bate e volta, caso tenham tempo, só acrescenta à sua viagem. Snorkel é tranquilo. Tomamos banho na primeira praia que apareceu na nossa frente. Água translúcida e em uma temperatura agradável. Foi um dia muito bacana. É a nossa opinião! 😉

  14. Djalma 18/08/2013 às 13:40 #

    Dicas muito boas. Fui para Curaçao no ano passado, o lugar é muito bom mesmo. Esse ano vou para Curaçao por uns dias e depois para Bonaire. Em Bonaire tem algum supermercado tipo o Centrum de Curaçao? Tem algum lugar parecido com Punda, Otrobanda, Rif Fort e os arredores do Renaissance Mall pra curtir o final de noite?

    • Anna Guimarães 18/08/2013 às 21:18 #

      Oi, Djalma!
      Fizemos apenas um bate e volta a Bonaire. Assim, não chegamos a conhecer a “noite” da ilha.
      Posso dizer que ela é a mais tímida das três ilhas. Não vi nada parecido com o Rif Fort. São ilhas bem diferentes.
      O centrinho de Bonaire é uma gracinha e muito agradável, mas nada parecido com Punda ou Otrobanda.
      Se busca estrutura e noite badalada, acho que Aruba é mais indicada.
      Para casar com Curaçao, caso tenha tempo, pode reservar um dia para Bonaire e dispensar uma estada mais longa para Aruba.

  15. Tathiana 25/08/2013 às 00:07 #

    Olá Ana! Muito boas as dicas.
    Eu e uma amiga iremos no final de setembro pra Aruba (03 dias) e Curaçao (04 dias). Quanto seria o ideal pra levarmos para gastos com passeios e alimentação? Obrigada!

    • Anna Guimarães 25/08/2013 às 18:25 #

      Oi Tathiana!
      Tudo bem?
      Olha! É bem complicado falar sobre gastos, pois cada um tem um estilo de viajar.
      Em Aruba, gastamos o mínimo possível, pois já estávamos quebrados, depois de uma semana em Curaçao.
      Comemos em lugares baratos. O Quiznos foi nossa refeição preferida (tem post sobre ele aqui no blog).
      Tentávamos gastar algo em torno de 50 dólares por dia (com transporte e alimentação).
      Quanto aos passeios, tanto em Aruba como Curaçao, fizemos tudo por nossa conta. Alugamos uma moto e saímos sem compromisso, conhecendo tudo no nosso tempo.
      Aruba e Curaçao têm transporte público e dá pra economizar bastante andando de ônibus ou vans.
      O caso é que, em Curaçao, muitas praias são pagas. Então tem que ter dinheiro pra isso também.
      Pra ficar, tranquila, gastando moderadamente e fazendo algumas comprinhas no dinheiro, acho que US$1000 seria uma quantia razoável. Dá pra viajar com menos que isso, sobretudo se, além do dinheiro, estiver cartão de crédito, mas vai ter que ficar ligada no orçamento.
      Abraço,
      Anna

  16. JEFFERSON CASTRO 14/09/2013 às 12:33 #

    Olá Anna, parabéns pelos comentários.
    Estamos na dúvida quanto a ficarmos 10 ou 15 dias dias em Aruba/Curaçao. Lendo as dicas fiquei animado com a opção de incluir também Bonaire.
    Iremos na Baixa (maio) para economizarmos nos hotéis.
    No entanto, estamos preocupados se valeria à pena o desembolso para ficarmos mais 5 dias (15 ao invés de 10) e como seria uma boa distribuição desses dias (ou com 10 ou com com 15 dias).
    Seria de grande ajuda sua opinião.

    P.S. Também temos dúvida se vale a pena ficarmos em locais com piscina (mais caros) durante toda a estada ou só se dá para mesclar.

    Obrigado.

    Jefferson Castro – Cabo Frio RJ

    • Anna Guimarães 18/09/2013 às 00:00 #

      Oi Jefferson!
      Tudo bem?
      Olha… É difícil opinar, porque cada um tem um estilo de viajar.
      Vou te falar o que aconteceu com a gente, certo?
      No nosso caso, 10 dias lá foram bastante proveitosos. Não paramos um minuto. Esse é nosso estilo. Batemos perna o dia inteiro e tentamos curtir ao máximo o que cada lugar tem para oferecer. com dez dias lá, no destino, você pode dividir 05 dias em Curaçao, um dia para esticar até Bonaire, e reservar quatro dias para Aruba, que é bem menor que Curaçao. Mais dois dias para sua viagem, fechamos em 12 dias. Acho bastante proveitoso e fica no meio termo da sua dúvida – 10 ou 15. Se vocês são de compras, podem reservar mais dias para Aruba do que para Curaçao, já que Aruba é bem melhor para comprar. Tudo é mais barato que Curaçao.
      Quanto à piscina, dá para mesclar sim. Da primeira vez em Curaçao, ficamos no Howard Jonhson que, apesar de não ter aquele contato com o mar, tal e tal, é super bem localizado e confortável na medida certa.O bacana mesmo por lá é curtir as praias.
      Qualquer coisa, pode mandar e-mail para misscheck-in@hotmail.com
      Abraço,
      Anna

      • JEFFERSON CASTRO 18/09/2013 às 00:38 #

        Fantástico, Anna!
        Muito Obrigado!
        Parabéns!

  17. Fe Costta | viaggio-mondo 04/10/2013 às 04:42 #

    Que belas dicas!!! Tô favoritando para quando eu for! 🙂

    • Anna Guimarães 06/10/2013 às 19:36 #

      Oi Fe!
      Obrigada.
      Vindo de você, que é uma viajante profissional, é um elogio e tanto 😉
      Abraço,
      Anna

  18. Renata 07/10/2013 às 12:32 #

    Muito completo esse blog e relato! adorei!
    Uma duvida, vou para Caracas por milhas e depois do seu relato, nem do aeroporto quero sair! Vc comprou as passagens Caracas/Curacao por agencia? Pois o site da DAE esta fora do ar e da Insel Air nao e possivel comprar por eles diretamente. No site do submarino eles taxam em uns 200%!

    Obrigada

    • Anna Guimarães 09/10/2013 às 10:54 #

      Oi Renata!
      Tudo bem?
      Que pena que está fora do ar.
      Nas duas vezes em que estivemos no ABC, voamos de DAE. Na primeira, de Caracas para Curaçao, na segunda fizemos os trechos Curaçao-Bonaire e Curaçao-Aruba. Comprei tudo direto no site da Dae 😦

      Abraço,
      Anna

  19. Grazi 08/11/2013 às 13:52 #

    Adorei as dicas! Vou me hospedar tb no Scuba Lodge, por acaso lá perto teria onde alugar carro? Quais os valores em média? Obrigada.

    • Anna Guimarães 08/11/2013 às 15:13 #

      Grazi!
      Alugamos o carro no Aeroporto, na National. Na época, era a que cobrava a menor caução (100USD).

  20. Sidnei 17/11/2013 às 21:54 #

    Parabéns pelo blog, muito útil suas dicas 🙂

  21. Grazi 28/01/2014 às 10:15 #

    Olá, vi na foto um onibus escrito Punda – Hato, é possível pegar no Aeroporto esse onibus? Ele vai até Punda perto do Mercado Flutuante? Obrigada.

    • Anna Guimarães 28/01/2014 às 18:45 #

      É possível sim, Grazi!
      Esse aí que aparece na foto foi o que nos levou ao aeroporto no dia que embarcamos para Bonaire.
      Saindo do desembarque, no aeroporto, o ponto de ônibus fica à direita, caminhando em direção à área onde ficam as locadoras de veículos. É fácil (pelo menos era em 2012, quando estivemos lá)
      E o ponto em Punda é próximo ao mercado flutuante sim.
      Abraço,
      Anna

  22. fernanda 26/02/2014 às 08:36 #

    Valeu mesmo por suas maravilhosas dicas, vai ser muuuuuuuiiiiiiito útil, parabéns nos ajudou pra caramba.
    bjs

    Fernanda

  23. Franck Rodney Talmeli Santos 27/06/2014 às 10:39 #

    vc acha que seria muito compicado fazer este abc com duas criancas sendo uma de 7 e outra de 5 meses…. em relacao aos aereos transporte em geral… o q acha????

  24. Iago Ervanovite 13/01/2015 às 22:10 #

    Pessoal, obrigado pelo post! Me ajudou (e está me ajudando) muito a me programar. Estou com viagem marcada pra Curaçao agora em março (2014) e este post me deixou animado! Abraços!

    • Anna Guimarães 14/01/2015 às 08:01 #

      Oi Iago!
      Obrigada pelo retorno.
      Curaçao é uma delícia. Tenho certeza que você vai gostar.
      Abraço,
      Anna

  25. Carol Guelber - Vícios de Viagem 06/05/2015 às 20:32 #

    Olá, adorei o post! Você se lembra onde você alugou moto em Aruba e em Curaçao? Ainda tem o contato deles? Obrigada

  26. Alberto Muhle 26/10/2015 às 17:30 #

    Oi, Ana. Parabéns pelas dicas. Bastante úteis e legais.
    Gostaria de perguntar sobre aluguel de scooter em Curaçao. Já procurei na internet mas não consegui localizar nenhuma empresa que dê esta opção. Você teria o nome de alguma(s) por lá e qual seria o valor aproximado da diária? Estarei em um cruzeiro durante apenas um dia e a ideia era dar uma volta pela praia de Kenepa que fica a uns 40 km de Willemstad.
    Desde já muito obrigado,
    Alberto

    • Anna Guimarães 26/10/2015 às 19:01 #

      Oi,Alberto
      Tudo bem?
      Pra ser bem sincera com você, para distâncias maiores, como essa, acho o carro mais seguro e confortável. Alugamos carro por 60 dólares na época (um Picanto) para passeios mais distantes.
      Você, provavelmente, vai atracar em Otrobanda (ou ao lado do Rif Fort ou quase em frente ao Governeur Restaurant). Como tem pouco tempo, indico que procure motos para alugar na Praça Wilhelmina, em Punda. Pessoas com scooters para alugar costumam ficar nessa praça expondo os veículos. Para chegar a essa praça, basta atravessar a ponte móvel Queen Emma, indo em direção a Punda, e seguir numa linha reta, na rua que segue logo após a ponte. Essa rua termina na praça Wilhelmina.
      Há também um ponto de táxi em Otrobanda, próximo à entrada do Rif Fort, onde os taxistas podem informar onde alugar motos. Algumas coisas podem ter mudado desde nossa última vez por lá 😉
      Nós alugamos nossa moto na Cabana Beach, em SeaAquarium, mas é distante de onde você vai desembarcar.
      Para entender melhor o que escrevi e se situar em Willemstad, dá uma olhada nesse post:
      https://misscheck-in.com/2012/09/02/entendendo-willemstad-curacao/

      No mais, estou por aqui. Qualquer dúvida, é só falar 😉

  27. Rogerio Monteiro 31/03/2016 às 17:50 #

    Obrigado ! Excelentes dicas.

    • Anna Guimarães 02/04/2016 às 00:07 #

      Oi, Rogerio!
      Obrigada pelo retorno.
      Qualquer dúvida, estamos por aqui.
      Abraço,
      Anna

Trackbacks/Pingbacks

  1. CURAÇAO II… Em busca do tesouro perdido. | Miss Check-in - 24/02/2013

    […] – Aruba-Bonaire-Curaçao Dicas Úteis. […]

  2. The Mill Resort & Suites – ARUBA | Miss Check-in - 27/02/2013

    […] – Aruba – Bonaire – Curaçao – Dicas úteis. […]

  3. Donkey Sanctuary – ARUBA | Miss Check-in - 30/11/2014

    […] – Aruba-Bonaire-Curaçao – Dicas úteis; […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: