PRAIA DO BAIXIO, BAHIA – Km 121 da LINHA VERDE

13 jun

Nossa saga em busca das placas intrigantes da Linha Verde continua. Dessa vez, tivemos a chance de conhecer a Praia do Baixio, um refúgio de natureza intocada e praias virgens em torno de um singelo povoado de casas simples e vida tranquila. Uma pequena joia de belezas naturais. Passando pela rodovia, nem dá pra imaginar quanto há por trás daquela placa despretensiosa.

O acesso ao Baixio fica no Km 121 da Linha Verde, Litoral Norte da Bahia, e está coladinho na ponte do Rio Inhambupe (antes da ponte para quem vem de Salvador, logo após a ponte para quem vem de Aracaju).

A partir daí, são 7,5 Km de estrada asfaltada até o Povoado.

No caminho, você vai passar por outros dois povoados: Palame e Mata. Na bifurcação de acesso ao Palame, pegue a via da direita:

O caminho já reserva belas paisagens, com casarões do início do século XX à beira da estrada e corredor de coqueiros dando as boas vindas, já na chegada do povoado.

A VILA

A vila em si, como disse, é muito simples. Ainda assim, tem mais estrutura que o Diogo, com uma pequena  orla bonitinha e organizada, com barracas de madeira padronizadas e a dádiva de estar à beira mar, a uma curta caminhada da foz do Rio Inhambupe.

Orla da Praia do Baixio – Linha Verde – Bahia

No centrinho urbanizado, talvez a maior atração seja o Bar das Folhas, do Seu Incrível. Um bar típico da região nordeste, cuja especialidade são ‘pingas’, digamos, medicinais. Uma centena de  garrafas com ervas populares embebidas em cachaça, daí o nome ‘cachaça casca de pau’ .

Não bastasse isso, o Seu Incrível incrementou seu negócio  com uma temática particular (pra não dizer erótica). São aproximadamente 180 tipos de cachaça casca de pau, cada uma com  sua musa.

???????????????????????????????

Cachaça Congoncha – para o estômago                 Bar das Folhas – Baixio – Bahia

No mais, o povoado conta com mercadinho, farmácia e algumas opções para comer.  Basicamente, você vai poder recorrer às barracas da Orla. Além destas, o Restaurante Sabor’s Nativo é uma opção razoável.

A maioria das pousadas também têm restaurantes e são outra opção para almoço e jantar. Nós, particularmente, fomos rendidos pelo sabor apurado da moqueca de camarão da Pousada Angá, onde ficamos hospedados. Preparada com leite de coco natural, fresquinho, extraído dos cocos da região. Divine!  Raspamos o prato 😉

Moqueca - Pousada Angá

PASSEIOS

Mas a essência do passeio pelo Baixio, claro, vai muito além do povoado. A região reserva gratas surpresas para quem está disposto a desvendar suas belezas naturais. Duas delas, a Lagoa Azul e Barra do Inhambupe, são possíveis conhecer por conta própria, com um pouco de disposição, protetor solar e bastante água mineral.

Barra do Inhambupe – Praia do Baixio

A Lagoa Azul tem acesso pelo povoado, mas para chegar é preciso entrar em uma propriedade particular < a boa notícia é que o acesso é permitido. A má é que passaram a cobrar entrada – em dezembro de 2015 estavam cobrando 25,00 por pessoa > Caso esteja de carro, vale saber que o veículo só chega até a porteira da propriedade. O carro fica estacionado aí e você segue a pé, por uma trilha que rendem  entre 20 e 30 minutos de caminhada.

A caminhada não é tão severa. É preciso caminhar cerca de 1 km até a lagoa, mas há sombra das árvores em boa parte do trecho, o que ajuda muito. Incômodo mesmo são os mosquitos que insistem em te acompanhar por quase todo trajeto. Uma calça esportiva ou repelente resolvem essa questão.

Mas todo esforço vale a pena. A lagoa cristalina parece um oásis entre as areias alvas das dunas. A paisagem por si só já encanta e o banho é inevitável. A água doce e tranquila te chama como um imã,  querendo  adoçar o cansaço da caminhada e aliviar o calor de um dia de céu limpo.

O acesso à Barra do Inhambupe, onde o rio deságua no mar, já é mais simples. Saindo da Orla pela praia, basta caminhar à esquerda, beirando o mar. Detalhe para a sinalização, que  faz perceber que, de fato, estamos em uma região voltada à preservação ambiental (adoro!).

Em dez minutos chega-se à foz, outra paisagem de encher os olhos, daquelas típicas de novelas.

O banho também é tranquilo, com a visita de peixinhos curiosos e amigáveis, vestindo estampas étnicas da moda… rsrs

A Lagoa Azul e a Barra do Inhampube conseguimos fazer em um dia. A lagoa pela manhã (quanto mais cedo, melhor, para evitar o auge do sol) e a Barra após o descanso do almoço, aproveitando também o horário de sol mais ameno.

Mais off-road e um pouco mais distante da vila, a Lagoa do Mamucabo é um dos passeios obrigatórios para seu roteiro no Baixio. A lagoa, à beira mar, fica em meio  a faixas de restinga, coqueirais e dunas, em um trecho selvagem, totalmente isolado. Confira nosso post sobre esse passeio aqui.

Lagoa Mamucabo – Praia do Baixio – BAHIA

A região  ainda tem outras duas lagoas – Lagoa Grande e Lagoa Verde –  e a Cachoeira  do Riacho Grande, uma corredeira de águas represadas. Mas esses não tivemos chance de conhecer 😦  O que prova que o Baixio merece uma visita mais esticada, com pelo menos dois dias inteiros para desbravar as possibilidades que o lugar oferece.

ALTO DE SANTANA – PALAME

Ainda é possível esticar o passeio (de carro) até o Palame, para apreciar o fim de tarde no Alto de Santana, o pequeno largo onde está a Igrejinha de Jesuítas, marco da fundação do Povoado.

Alto de Santana - Palame - Bahia

Descendo a rua que passa em frente à igreja, você vai se deparar com a melhor vista para o Vale do Inhambupe, bem em frente à casa do Seu Carlos, antigo morador do Palame.

Fora isso, o ideal é andar sem compromisso, curtir o sol, a praia e a serenidade do vento soprando suave no rosto, longe das buzinas, do engarrafamento e da correria de todos os dias. O Baixio é um lugar para quem busca paz de espírito e contato intenso com a natureza. Totalmente fora dos padrões pré-moldados de turismo de outras praias vizinhas, a grande graça da Praia do Baixio é sua simplicidade espontânea, cercada por uma natureza imponente e generosa, com paisagens irretocáveis.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

LOCALIZAÇÃO:  Km 121 da Linha Verde. Acesso ao lado da ponte do Rio Inhambupe.

DISTÂNCIAS: o povoado está a 155 km de Aracaju e a 128 km de Salvador, entre Barra do Itariri e Subaúma.

ESTRUTURA: Orla com barracas; povoado com mercearia, farmácia, restaurantes e posto de gasolina. O posto fica a meio quilômetro da Linha Verde e já é mais uma possibilidade de abastecimento na rodovia.

HOSPEDAGEM: na Praia do Baixio há algumas pousadas. Em razão das possibilidades que o lugar oferece, pernoitar por lá talvez seja a opção mais pertinente para quem está interessado em desbravar a região. Nós ficamos na Pousada Angá. Linda, charmosa, com ótima comida e excelente atendimento. Ficamos clientes. Informações detalhadas sobre a Pousada no nosso post sobre a Pousada Angá. Vaí lá conferir 😉

TURISMO: a BahiAventura realiza passeios para os locais de interesse na área, inclusive para o Mamucabo e a Lagoa Azul (driblando aquela caminhada). Contato: (75) 3413-3106/ bahiaventura@terra.com.br

Mais sobre o Baixio:

Pousada Angá, uma ótima opção de hospedagem na Linha Verde.

Lagoa do Mamucabo.

Mais sobre a Linha Verde:

Ponte Gilberto Amado, caminho mais curto entre Aracaju e Salvador

Diogo, Km 68 da Linha Verde

Mais sobre Salvador:

Hospedagem boa e barata na capital baiana

Anúncios

75 Respostas to “PRAIA DO BAIXIO, BAHIA – Km 121 da LINHA VERDE”

  1. Djanete Magalhaes de Souza 14/06/2014 às 11:35 #

    Quando o Sr. fala em restaurante(s) e pousada(s) , mas só cita os nomes de dois, a matéria fica muito direcionada, pra não dizer, contratada para isso.Realmente,acho que apenas um dia fica pouco pra conhecer Baixio, temos muito mais do que o que foi falado..

    • Anna Guimarães 14/06/2014 às 19:43 #

      Oi Djanete,
      O blog traz apenas a nossa experiência. Até porque não tem como ser de outra forma. Só falo dos hotéis onde me hospedo, dos restaurantes onde como e dos passeios que faço. De outra forma, como emitir opinião sobre coisas que não se conhece, não é mesmo?
      Inclusive, fique a vontade para indicar sua pousada aqui nos comentários, viu? Quanto mais opções, melhor.
      Abraço,
      Anna

  2. Dennis 21/10/2014 às 02:58 #

    Valeu pelas informações. Estava procurando mais sobre a Linha Verde e achei teu site. Muito informativo e interessante. Assim que puder irei ao Baixio.

  3. Mirella 05/11/2014 às 15:20 #

    Muito legal sua página! Estava querendo ir à Baixio e é bom encontrar depoimentos e informações de quem esteve lá, pois pode falar com sinceridade sobre a experiência e dar dicas! Suas informações me serão bastante úteis! Obrigada!

    • Anna Guimarães 06/11/2014 às 11:35 #

      Oi Mirella!
      Obrigada pelo contato 😉
      Eu gostei muito do Baixio. Um lugar para descansar, para desbravar… Cheio de segredinhos.
      Acredito que você também vai gostar.
      Abraço,
      Anna

  4. Joeldson Oliveira da Silva 24/01/2015 às 08:37 #

    Lindo documentário, despertou em minha família um grande interesse em visitar e explorar esse lindo lugar. Desde já agradeço por nós apresentar esse paraíso e em muito breve estaremos aí para viver a natureza.

    • Anna Guimarães 24/01/2015 às 18:48 #

      Oi, Joeldson
      Que bom que gostaram.
      Não deixem de conhecer.
      O Baixio é um cantinho de beleza e tranquilidade escondido na Linha Verde 😉
      Abraço,
      Anna

      • eusilene cassimiro calmon da silva 26/01/2015 às 07:54 #

        Olá! Bom dia! Estava pesquisando lugares para fazer passeio e achei Baxios, me parece ser uma praia bem bonita, queria algumas referências sobre a praia e a orla?

      • Anna Guimarães 26/01/2015 às 22:25 #

        Oi Eusilene!
        Tudo bem?
        O Baixio é muito bacana, vale a visita.
        Basicamente, colocamos aí no post as informações que conseguimos reunir sobre lá.
        Que tipo de referências você está buscando?

        Abraço,
        Anna

  5. catarina 22/03/2015 às 14:25 #

    Muito bom!!!!

  6. susi Meideiros 29/03/2015 às 20:20 #

    Nossaa encantada por ver esse lugar tão lindo cm esse, nossa Bahia é rica desses lugares… Perfeitoo!

    • Anna Guimarães 31/03/2015 às 23:22 #

      Essa Bahia… Sempre cheia de boas surpresas.
      Obrigada por seu comentário, Susi.
      Abraço,
      Anna

  7. Saionara 06/04/2015 às 22:23 #

    olá Anna!!
    vou para Baixio e só conhecia por foto, estava totalmente perdida,mais suas dicas foram maravilhosas,vou seguir todas elas e fiquei com mais vontade de conhecer esse lindo lugar.
    Muito obrigada !

    • Anna Guimarães 07/04/2015 às 10:16 #

      Oi Saionara!
      Obrigada pelo retorno.
      O Baixio é uma delícia. Amamos nossa experiência por lá.
      Tenho certeza que você vai gostar muito também.
      Qualquer dúvida, estamos por aqui, viu?
      Abraço,
      Anna

      • thaw 14/01/2016 às 00:16 #

        Para entra na lagoa azul tem q pagar alguma coisa?

      • Anna Guimarães 14/01/2016 às 05:30 #

        Oi Thaw
        Como acrescentei no post, atualmente estão cobrando.
        Segundo um leitor, em dezembro de 2015 estavam cobrando R$25,00 por pessoa 😦

  8. Bibiana 05/06/2015 às 17:51 #

    Estou pensando em ir para essa praia…. ela parece realmente encantadora! As águas são cristalinas? Ou mais turvas?

    • Anna Guimarães 06/06/2015 às 15:59 #

      Oi Bibiana
      As águas da Lagoa Azul e da Barra do Inhampube são cristalinas.
      Dois lugares muito bonitos.
      A praia em si é bacana, mas acredito que as atrações em volta, como as lagoas, são ainda mais interessantes.
      Abraço,
      Anna

      • Isabela Santana 07/06/2015 às 16:36 #

        Olá,

        Fiquei na Pousada Angá (na verdade ainda estou por aqui).
        Segui suas dicas e amei o passeio.
        Sensacional!
        Lugar bom para recarregar as baterias e voltar a rotina com outra energia e vibrando na melhor sintonia!
        Obrigada!

      • Anna Guimarães 07/06/2015 às 16:39 #

        Oi Isabela!
        Que boa notícia.
        Feliz que tenha gostado.
        É realmente um lugar especial. Inclusive, estou precisando voltar, viu?
        Saudade dessa tranquilidade.
        Abraço,
        Anna

  9. Jose Marcos Pimenta 30/06/2015 às 23:57 #

    Anna, muito bom, tem uns 20 anos que não apareço por lá. conheci tudo isso a 53 anos atrás e era muito mais selvagem, agora está moderno, mais continua lindo. Amei rever este baixio, já marquei data de pescar de canoa no rio e na barra. valeu.

    • Anna Guimarães 02/07/2015 às 11:00 #

      Oi José Marcos!
      Tão lindo esse lugar, não é mesmo?
      Fiquei com uma pontinha de inveja de você, que teve a chance de conhecer em um período ainda mais selvagem.
      Também estou precisando voltar.
      Abraço,
      Anna

  10. sousa 01/07/2015 às 17:55 #

    Achei seus tons bem irônico,guandu fala a respeito de uma orlasinha,restaurante mais ou menos e sobre o sr Raimundo do bar das folhas,praticamente todo ano saio do rio de janeiro para Baixios pois a beleza esta nas coisas mais simples feitas por DEUS da próxima vez abra a sua mente e ande um pouco mais.

    • Anna Guimarães 02/07/2015 às 11:03 #

      Oi Sousa,
      Valeu pela dica 😉
      Realmente, abrir a mente é sempre necessário e recíproco.
      Abraço,
      Anna

    • mary 15/07/2016 às 08:05 #

      concordo tem pessoas que nao fazem ideia da beleza das coisas mais simples dessa vida.

  11. Edgard 07/08/2015 às 16:56 #

    Parabéns pelas experiências maravilhosas e muito obrigado por compartilhar isso. Estou encantado e ansioso pelas férias para conhecer baixio, lagoa azul.. Só fiquei chateado por não ter me programado maior tempo para desfrutar desse lugar; mas quem sabe, terei chance de voltar de novo para aproveitar mais. Obrigado!!!

    • Anna Guimarães 12/08/2015 às 22:53 #

      Oi, Edgard!
      Tudo bem?
      Fica tranquilo! Mesmo o tempo sendo curto, você vai poder aproveitar bastante o Baixio.
      Qualquer coisa, estou por aqui 😉
      Abraço,
      Anna

  12. Cátia Ferreira 01/09/2015 às 16:35 #

    Oi!
    Estive em Baixios e pretendo volta porque amei o local!
    Agora vou com minha filha e amigos, quando me hospedei fiquei na pousada Recanto Lagoa Azul, o almoço muito bom,. Agora o que eu mais gostei foi ir a Lagoa Azul foi muito gratificante!

    • Anna Guimarães 04/09/2015 às 22:09 #

      Oi Cátia!
      Que bom que gostou!
      A Lagoa Azul é um encanto mesmo.
      Espero que você retorne para curtir mais um pouquinho daquele paraíso;)
      Abraço,
      Anna

      • marcio 13/10/2015 às 10:26 #

        Fui levado ao espetáculo da natureza a Lagoa azul e fui deparado com um pedágio de R$ 10,00 para ver o que os comentários me incentivou, e ao deparar com a falta de estrutura, acessibilidade para mães com criança de colo e idosos, fiquei terrivelmente decepcionado, juntamente com uma turma que estava comigo, e ao retorna queriam nos cobrar R$ 20,00 pelo transporte da lagoa ate a portaria, ai que me indignou mais ainda.Não tem movimento na baixa temporada e quando chega o verão quer extorque os turista que foram incentivados por uma matéria em rede nacional.

        minhas recomendações, não receberão.

      • Anna Guimarães 13/10/2015 às 23:42 #

        Poxa, Marcio
        Que chato.
        Ainda assim, obrigada pelo relato.
        Certamente ajudará outros visitantes.
        Quando fomos, não havia nenhum tipo de cobrança. Até porque, como você mesmo citou, trata-se de uma lagoa (linda) no meio do mato.
        Não há nenhuma estrutura

  13. Diego 26/10/2015 às 19:51 #

    Boa Noite Anna Guimarães, gostaria de saber, eu estando na vila de Baixios, qual o custo que tenho para chegar na lagoa Azul?? sendo que estarei de carro, Obrigado

  14. Diego 26/10/2015 às 20:05 #

    Boa noite Anna Guimarães estou querendo ir para praia de baixio, eu estando na vila, qual seria meu custo para chegar na lagoa azul sendo que estarei de carro?? e querendo almoçar em Diogo, qual seria mais em conta, Sombra da Mangueira ou Caminho do Rio, queria algo bom e barato, obrigado

    • Anna Guimarães 26/10/2015 às 20:47 #

      Oi Diego
      Tudo bem?
      Uma vez na Vila do Baixio, é possível chegar de carro até a porteira da propriedade onde fica a lagoa (como mostrei no post), a partir daí, é preciso seguir a pé.
      Quando fomos, o acesso era de graça, mas agora parece que estão cobrando uma espécie de pedágio, algo em torno de R$ 10,00.
      Sobre o Diogo, na época, o almoço no Caminho do Rio saiu mais barato e comida é muito boa.
      Qualquer outra questão, estou por aqui 😉

  15. Djanir Sousa 03/11/2015 às 19:13 #

    Adorei encontrar informações sobre Baixios, pretendo explorar as belezas naturais do local e suas dicas me ajudou. Parabéns pelo blog.

    • Anna Guimarães 03/11/2015 às 22:48 #

      Obrigada pelo comentário, Djanir.
      O Baixio é um encanto. Vale a pena conhecer.
      Qualquer dúvida, estou por aqui 😉

  16. Maria do Carmo 07/11/2015 às 11:16 #

    Adorei minha querida beijos mil

  17. Vanessa Leite 08/12/2015 às 02:21 #

    Olá, Boa noite! Gostaria de saber como faço para ir da Praia do Forte para Baixio? Não irei de carro… alguém teria alguma empresa ou pessoa particular na área da Linha verde que possa me buscar no hotel e me levar até lá que cobre um preço justo! se caso eu queira ir de ônibus, Existe alguma linha que passe na Praia do Forte para Baixio??? aceito dicas e sugestões…

    Muito Obrigada!

    Vanessa L

    • Anna Guimarães 08/12/2015 às 07:56 #

      Oi Vanessa
      Tudo bem?
      Não tenho nenhum indicação nesse sentido.
      Mas, se quiser, entre em contato com a Bahia Aventura que citamos no post. Talvez eles possam te informar.
      Certamente há linhas de ônibus entre a Praia do Forte e o Baixio. Uma vez na praia do Forte, informe-se com comerciantes e moradores de lá.
      Eles sempre têm as melhores dicas.
      Abraço,
      Anna

  18. Uheider 27/12/2015 às 23:39 #

    Muito obrigado, suas informações foram super importantes e me ajudaram muito.

    • Anna Guimarães 28/12/2015 às 23:41 #

      Oi Uheider!
      Que bacana! Feliz por saber.
      Obrigada pelo retorno.
      Abraço,
      Anna

  19. Uheider 29/12/2015 às 18:19 #

    Desculpa so p atualizar e porque os seus pots me ajudaram muito, me achei na obrigação de informar que estão cobrando R$ 25 reais por pessoa para poder ir ate a lagoa azul, como eu estava em três e meu filho de 7 anos eles queriam cobrar, dai seria R$ 75 reais, não entramos fiquei super decepcionado e acabei vindo para Imbassay.

    • Anna Guimarães 31/12/2015 às 20:00 #

      Que coisa chata, Uheider.
      Já acrescentei a informação no post.
      Acho péssimo lugares que passam a explorar o turista.
      Acabam perdendo a demanda.
      De qualquer forma, muito obrigada por avisar.
      Abraço,
      Anna

  20. Wellington Silva 30/01/2016 às 20:59 #

    A entrada para a Lagoa Azul é 25,00. Exploração aos turistas. Deveria ser um valor menor,já que não utilizamos nada somente fazemos a visita ao local.

    • Anna Guimarães 30/01/2016 às 21:43 #

      Pois é, Wellington!
      Inseri essa informação no post para ninguém ser pego de surpresa.
      Acho a cobrança desleal e oportunista.
      Infelizmente alguns não sabem como explorar o turismo de maneira coerente 😦

  21. Mary Lepen 29/02/2016 às 10:17 #

    somos Frances de Nice adoramos a bahia , mangue seco , Praia do forte , ficamos uma semana in este Hotel fazenda agua da prata no Litoral norte , pardisiaco ,muta cosa pra fazer equitação ,trekking , a comida otima , passeio de charrete ,mutos animais , ma a coisa boa , che vale a pena , o atendimento , cordial gentile atencioso ,PARABEN
    Maria Carlo Alen

  22. Mary Lepen 06/03/2016 às 19:58 #

    A gente se ospedo en este Hotel Fazenda ,lugar maravilhioso ,comida excelente , equitação , animais , ma o atendimento não ten parablas , gentiu , atenciosao ,

    • Mary Lepen 06/03/2016 às 19:59 #

      de onde

      • Mary Lepen 06/03/2016 às 20:01 #

        Hotel Fazenda Agua da Prata ,10 minuto de Praia do Forte / Barra do Pojuca

  23. Marjana 21/03/2016 às 19:12 #

    Fui pra Baixio esse fim de semana..Esperei tanto pra ver a lagoa azul so que n vi pq a lagoa n esta mais azul e o nivel de agua diminuiu.paga 25,00 pra entrar na lagoa azul achei um preço muito caro ja que a lagoa n é mais azul n tem uma estrutura legal cobra muito caro pra levar a pessoa de carro ate a lagoa 25,00 por pessoa. E a pessoa tem que ir bem preparada pq la n vende quase nada. Mais o povoado bem legal as pessoas bem educada.mais da proxima vez n faço mas questão de ir a lagoa azul que ñ é mais azul.

    • Anna Guimarães 02/04/2016 às 00:06 #

      Pois é, Marjana
      Várias pessoas com essa queixa.
      Um pena mesmo. Não estão sabendo conduzir a exploração turística da lagoa.
      Lamentável 😦
      De qualquer forma, obrigada pelo seu comentário
      Abraço,
      Anna

    • Mary Lepen 22/06/2016 às 17:02 #

      Somos uma familie Frances de Nice coté azul ,voltamos do Rio depois de um Summit ,de Poetés et Artiste ( France Culture) paramos em este Hotel Fazenda no litoral Norte de Salvador Bahia , Che maravilhia, lugar encantador , um verdadeiro paraiso , animais , cavalo , rio ,lagoa da Sereia espetaculara da para banho, maravilhioso de verdade , a comida excelente , quarto bem confortável , atendimento ótimo ,carino , atencioso ,super gentil , maravilhia três ,três ,Jolie Parabens Marie ,Francois Le Pen

    • Karl 02/08/2016 às 10:54 #

      As suas dicas são muito boas, agradecemos!
      Estivemos em Baixio agora em julho, e os nativos disseram que não valia muito a pena ir para a Lagoa Azul. Além da taxa que cobram, tem chovido pouco por lá, e a lagoa está baixa, nem está azul… Atualmente, o melhor passeio é a Lagoa Verde, linda, com águas cristalinas. Porém, o acesso é difícil, só de 4×4.
      Vale a pena também fazer um passeio até Sitio do Conde, conhecer as belas praias e a foz do Siribinha.
      Em Baixio, a Pousada Angá é mesmo excelente, com preço razoável. Altamente recomendada. A comida é ótima; é melhor comer ali mesmo, porque a infra do povoado é bem precária.

      • Anna Guimarães 02/08/2016 às 21:30 #

        Oi, Karl
        Obrigada pelo retorno.
        Adoramos seus comentário e suas dicas sobre o Baixio.
        Certamente irá ajudar outros leitores 😉
        Abraço,
        Anna

  24. Anderson Simões do Nascimento 16/07/2016 às 20:31 #

    Boa noite, só queria saber como é a noite se tem algum atrativo barzinho voz e violão alguma coisa desse tipo?

    • Anna Guimarães 17/07/2016 às 19:52 #

      Anderson,

      No Baixio batemos perna o dia todo. À noite sempre estávamos cansados. Daí preferimos ficar na pousada, curtindo a piscina, o cardápio do jantar e a rede da varanda do quarto.
      Não posso te dizer que há movimento, mas acredito que, pelos menos na alta estação, as barracas da pequena Orla funcionem à noite.
      Abraço,
      Anna

    • Eliezer 13/09/2016 às 22:52 #

      Só tem vento….

  25. Vanessa 03/08/2016 às 21:04 #

    Olá, boa noite.
    Curti demais as suas dicas e estou programando a minha ida para Baixio para setembro, pois estarei de férias.
    Liguei para a pousada indicada, e de cara gostei do atendimento do Sr. José Maria. Ele indicou que me hospede durante a semana, entrando no domingo e saindo na quarta ou quinta.
    Meu receio é: terei acesso aos passeios em dia d semana? Gostaria de visitar a lagoa verde e o mamucabo. Além dos dois outros que você citou, porém não teve tempo de conhecer.
    A lagoa azul, pelo visto, não seria mais um destino tão indicado, ne?
    Agradeço se puder me ajudar.
    Beijo.

    • Anna Guimarães 16/08/2016 às 15:40 #

      Oi Vanessa!
      Tudo bem?
      Pode confiar com tranquilidade nas dicas do Zé Maria. Certamente, se ele te indicou durante a semana, é porque é um bom período para realizar os passeios.
      Ele é das pessoas que mais divulga as belezas do Baixio para os hóspedes.
      Mas qualquer dúvida, ou se quiser mais informações, entre em contato com o pessoal da Baixio Turismo. O instagram deles é @baixioturismo e o telefone é 75-3413-3106.
      A Lagoa Azul continua sendo um passeio bacana. Mas pelo o que outros leitores disseram por aqui, continua sendo um lugar totalmente natural, sem estrutura como barracas, mas estão cobrando o acesso. Alguns visitantes têm achado caro o valor 😦
      O Mamucabo é bom procurar saber com o Zé Maria ou com o pessoal da Baixio Turismo se o passeio ainda sendo realizado.
      Torcendo para que sua viagem seja bem proveitosa.
      Qualquer coisa, estou por aqui.
      Abraço,
      Anna

      • Queli Patricia 23/08/2016 às 20:51 #

        Oi Anna estou fazendo um passeio mais ou menos com 50 pessoas para baixio gostaria de saber se o acesso e normal para esse tipo de eventos.

      • Anna Guimarães 27/08/2016 às 16:56 #

        Oi, Queli
        O ideal é você entrar em contato com as agências de turismo que operam por lá.
        Uma delas é a Baixio Turismo.
        O instagram deles é @baixioturismo e o telefone é 75-3413-3106 😉
        Abraço,
        Anna

  26. QUELI 31/08/2016 às 20:41 #

    OBRIGADA ANA

  27. Mariana 28/09/2016 às 14:50 #

    Eu costumo acampar em Sítio do Conde, mas sempre tive vontade de dar uma passada na Lagoa Azul. Mas lendo o seu post, acho que vale à pena ficar por Baixio e conhecer melhor o local. Vc sabe dizer se há algum campping lá? Bjs

    • Anna Guimarães 29/09/2016 às 10:30 #

      Oi Mariana
      Tudo bem?
      Faz tempo, mas também já acampei no Conde. Na época, adorei.
      No Baixio, realmente não sei se tem camping. Não vimos nada nesse sentido.
      Mas para tirar sua dúvida, talvez o pessoal do Baixio Turismo possa ajudar.
      O instagram deles é @baixioturismo e o telefone é 75-3413-3106😉

      Abraço,
      Anna

  28. Márcia 14/11/2016 às 20:38 #

    Transfer do aeroporto de Salvador para Baixios com a Bahia Top Turismo!
    http://www.bahiatopturismo.com.br
    071 99160-8658 whatsapp

  29. alfredo gueudeville 07/02/2017 às 11:47 #

    Beleza Baixio. Estou voltando de lá e vou de novo , varias vezes.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pousadas na Linha Verde: POUSADA ANGÁ na Praia do Baixio/BA é a nossa dica. | Miss Check-in - 16/06/2014

    […] Esse post, primordialmente, é para aqueles que, como nós, gostam de fugir do trivial e embarcar em algo totalmente novo e pouco conhecido. Por essa razão, fomos bater na Praia do Baixio e voltamos de lá revigorados com suas paisagens de novela escondidas atrás de uma placa tímida no Km 121 da Linha Verde (Confira nosso post sobre a Praia do Baixio aqui). […]

  2. Ponte Gilberto Amado – o atalho da Costa Sergipe/Bahia. | Miss Check-in - 22/06/2014

    […] – Praia do Baixio – Km 121 […]

  3. LAGOA DO MAMUCABO – Praia do Baixio – Bahia | Miss Check-in - 20/07/2014

    […] Mais sobre o Baixio, leia também Praia do Baixio e Pousada […]

  4. Airbnb – Hospedagem boa e barata em SALVADOR.BAHIA | Miss Check-in - 12/01/2015

    […] – Praia do Baixio, Km-121 […]

  5. Resort Recanto da Natureza – um refúgio de beleza e tranquilidade em MANGUE SECO.BAHIA | Miss Check-in - 16/01/2016

    […] – Praia do Baixio – Km 121 […]

  6. Como chegar a Mangue Seco – BAHIA | Miss Check-in - 30/01/2016

    […] – Praia do Baixio – Km 121 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: