CARNAVAL NO VELHO CHICO: os cânions além do Karrancas.

4 fev

Quer esticar o feriadão de Carnaval de Aracaju até os Cânions do Rio São Francisco?

O que você deve saber antes de ir:

COMO CHEGAR

CANINDÉ DO SÃO FRANCISCO, município ponto de partida para os cânions em Sergipe, está a 250km de Aracaju.

Na saída da capital, é preciso acessar a BR-235 e, alguns quilômetros depois de Itabaiana, sair da 235 e entrar à direita, em direção ao município de Ribeirópolis, para acessar a Rota do Sertão. Confira nosso foto-guia da BR-235 aqui.

BR-235 – Vista da Serra de Itabaiana.

– Um bate e volta Aracaju-Canindé é possível. Mas saiba que são aproximadamente três horas de viagem para ir e o mesmo tanto para voltar. É cansativo. Se for em carro próprio, o melhor mesmo é pernoitar na região.

PIRANHAS, a cidade vizinha, na margem alagoana do Rio São Francisco, é uma graça e tem mais estrutura para o turismo que Canindé. Apesar de pequena, tem várias opções de hospedagem. Mas, em cima da hora, talvez não seja fácil encontrar acomodações disponíveis. Confira nosso post sobre Piranhas aqui.

Piranhas – Alagoas (Foto do IG @misscheck)

Considere, nesse caso, buscar opções em Canindé.  < Verifique as dicas de hospedagem ao final do post 😉 >

PASSEIO PELOS CÂNIONS

– Por muito tempo o grupo MF-Tur dominou o passeio de catamarã pelos cânions do Velho Chico. O ponto de partida das embarcações, o RESTAURANTE KARRANCAS, em Canindé, tem boa estrutura, abre todos os dias, com embarques diários para os Cânions. Informações e reservas no WhatsApp 79-99869-6428/ Instagram @karrancas_restaurante/ Passeios de helicóptero – Instagram @voosxingo .

Vista aérea do Karrancas – Foto do IG @karrancas_restaurante

O problema é que, como mais tradicional e de mais fácil acesso, o restaurante e os catamarãs lotam nos feriados.

– Se quiser um passeio mais tranquilo, com menos aperto, é preciso andar mais um pouco e se embrenhar pela caatinga da margem alagoana do Chico.

– A primeira opção é o RESTAURANTE SHOW DA NATUREZA, em Olho D’Água do Casado. Partindo do trevo de Piranhas, são aproximadamente 5km de asfalto pela Rodovia AL-220 (sentido Delmiro Gouveia) e mais 13 quilômetros de estrada de terra até o restaurante. Confira como chegar aqui.

– O Show da Natureza está cravado entre os paredões dos Cânions e a parada para o almoço já garante uma vista linda da região. Mas, além disso, o restaurante oferece passeios de lancha e catamarã. Confira os valores e horários através do WhatsApp 82-98874-6994/ Instagram @show_da_natureza .

– Um pouco mais distante de Canindé e Piranhas, o RESTAURANTE ECOLÓGICO CASTANHO também é uma ótima pedida para o feriadão. Um santuário verde no meio da aridez do sertão, com ótima estrutura, boa comida e drinks deliciosos.

– Seguindo pela mesma AL-220, a partir do trevo de Piranhas, são 23Km, sentido Delmiro Gouveia, de estrada asfaltada até o acesso para o Restaurante. Saindo da rodovia, são mais 16 km de estrada de terra no meio da caatinga. Mas todo esforço vale a pena! Confira como chegar aqui.

– Para quem quer fazer apenas o passeio pelos Cânions, o embarque para o Catamarã do Castanho fica a 15 minutos de Piranhas, na Praia da Dulce, em Olho D’Água do Casado. Também oferecem passeio de lancha. Para horários, valores e disponibilidade, informe-se no WhatsApp 82-98114-7070/ Instagram @restaurante_castanho .

– No caminho para o Castanho, você vai encontrar o acesso para o Mirante do Talhado, uma opção de hospedagem, totalmente inusitada, no meio do nada, mas com uma vista incrível dos cânions, chalés aconchegantes e a simpatia implacável do Seu José Francisco. Se ecoturismo for sua praia, vale muito investir alguma porção da sua viagem nessa dica. Informações e Reservas no WhatsApp 82-98732-8612/ Instagram @mirantedotalhado . Confira nosso post sobre o Mirante aqui.

– Para comer bem, apreciando a vista da barragem da Usina de Xingó, considere uma parada para almoço no RESTAURANTE CABOCLO D’ÁGUA, com acesso logo depois do Posto Fiscal de Piranhas (para quem vem de Canindé).

– A vista já valeria a visita e a comida está entre as melhores da região. WhatsApp 79-99868-6428/ Instagram @caboclo_dagua .

CONTATOS ÚTEIS

– Pousada Trilha do Velho Chico – Instagram @trilhadovelhochico (com opção de camping)

Pousada Trilha do Velho Chico

– Pousada O Canto – Instagram @pousada_o_canto

– Pousada Porto de Piranhas – Instagram @portodepiranhas

– Hotel Aconchego do Velho Chico – Instagram @hotelaconchegodovelhochico

– Hotel Pedra do Sino – Instagram @pedradosinohotel

– Xingó Parque Hotel – Instagram @xingoparquehotel

– Receptivo Xingó Adventure – Instagram @xingo_adventure

– Passeios de Helicóptero – Instagram @voosxingo

UMA VEZ EM SERGIPE, APROVEITE TAMBÉM PARA CONHECER A FOZ DO VELHO CHICO:

– Como chegar a Foz do São Francisco partindo de Aracaju.

– Delta do Velho Chico.

– Piaçabuçu – Alagoas.

– Todas nossas dicas de Aracaju e Sergipe em Aracaju post a post.

– CONHEÇA NOSSO INSTAGRAM – @misscheck     você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju, Sergipe e Alagoas nas hashtags:

#aracajunomiss

#sergipenomiss

#alagoasnomiss

Anúncios

Arredores de Córdoba – o que ver em Jesús María – ARGENTINA

10 jul

A tranquila Jesús María, a  50Km  de Córdoba, não era nosso destino.

Ruas de Outono - Jesús María - Argentina

Objetivamente, nosso alvo era a Estância Santa Catalina, a 20Km de Jesús María.  Para isso, deveríamos seguir de ônibus de Córdoba a Jesús María  e, de lá, arrumar um transporte – provavelmente um táxi –  para a estância. Nossos planos mudaram quando, ainda em Córdoba, fomos informados que o táxi de Jesús María a Santa Catalina sairia, ida e volta, nada menos que 500 pesos (valor em abril de 2015).

Santa Catalina

Foram as atendentes da Deán Funes, empresa de micro-ônibus que faz a linha Córdoba-Jesús María, que tiveram o cuidado de nos alertar sobre o preço do táxi e também empenho em nos falar sobre  as  belezas de Jesús María e da estância jesuíta da cidade, nos incentivando a não desistir de Jesús María e consolando nossos olhinhos tristes de quem não iria a Santa Catalina 😦

Deán Funes

A viagem de ônibus  de Córdoba a Jesús María dura aproximadamente 1h e 15 min. Sem nenhuma noção ou mapa da cidade, a primeira coisa que fizemos foi atravessar a rua e procurar um lugar quentinho para matar o frio e a fome. Bem em frente a rodoviária, fomos de cara no Café da esquina, Isidro.

Isidro Cafeteria - Jesús María

Primeira boa surpresa. Um cantinho simples, mas agradável. Atendentes sorridentes e facturas com doce de leite olhando pra mim. Café cremoso. Para nós o passeio já poderia acabar aqui rsrs

Facturas de Jesús María- ARGENTINA

Após o café, recuperamos as forças e voltamos para  Rodoviária, como cachorrinhos  de rua, sem lugar pra ir. Mas lá mesmo  nos deparamos com um  mapa da cidade, responsável pela imediata definição do nosso roteiro < Confira no final do post a dica do aplicativo de informações turísticas de Jesús María >

Mapa Jesús María - Córdoba - ARGENTINA

Nosso novo alvo era a Estância Jesuíta (lá em cima no mapa, do outro lado do Rio Guanusacate). Pelo mapa, escolhemos seguir até a estância passando pela Torre Céspedes (que, até então, não tínhamos a menor noção do que seria). Pelo caminho, logo nos apaixonamos pela cidade, toda graciosa com casinhas lindas e ruas tranquilas.

Estação de Trem - Jesús María - Córdoba - ARGENTINA

Residências de Jesús María - Córdoba - ARGENTINA

TORRE CÉSPEDES

A Torre fica no Clube Social da cidade. Fomos entrando por um portão aberto na lateral do clube e ao chegar na Torre fomos recebidos pela simpatia  da  dedicada Daniela.

Ela nos apresentou as instalações, explicando que ali era um espaço de entretenimento para a  família do espanhol Gabriel Céspedes, prefeito da cidade no início do século XX.

Salão de entrada- Torre Céspedes - Jesús María - ARGENTINA

Os Céspedes residiam na casa onde hoje funciona o clube social  e a Torre, cuja construção data do final do século XIX,  era um local reservado para o descanso, leitura, sala de jogos e até mesmo uma sala para revelação de fotografias. Detalhe para as referências espanholas e mouriscas na arquitetura e mobília.

Portas e Janelas - Torre Céspedes - Jesús María

Biblioteca de Cedro - Torre Céspedes - Jesús María

Biblioteca de cedro, pinturas decorando as paredes e uma escadaria um tanto quanto sinistra, que leva ao topo da Torre, de onde, em dias de céu limpo, é possível ter uma bela vista de Jesús María e das Serras Chicas.

Apesar da falta de recursos para recuperação e manutenção do local, vale a visita, não só pela oportunidade inusitada de conhecer mais um pouco da história da cidade, mas também pela chance de conhecer a Daniela, que além da simpatia e atenção, nos forneceu um monte de material turístico da região <eu nem queria rsrs>. Daquelas pessoas que fazem a diferença 🙂

A visita é gratuita e você pode conhecer um pouco mais sobre a história da Torre e da família Céspedes neste documentário aqui e também na fanpage Amigos de La Torre Céspedes.

Torre Céspedes, Jesús María, Argentina – imagem da fanpage Amigos de La Torre Céspedes

MUSEU JESUÍTICO NACIONAL DE JESÚS MARÍA

A história de Jesús María começa com a chegada dos Jesuítas, no século XVII. Ali os religiosos se instalaram e em 1618 ergueram a Igreja e Convento, em meio a estância agrícola onde plantavam, criavam animais e produziam vinhos artesanalmente para levantar renda destinada à manutenção da Universidade de Córdoba.

Estância Jesuíta de Jesús María

Uma imponente construção colonial em uma paisagem bucólica. Aos meus olhos, fascinante!

Hoje, as instalações de quase 400 anos abrigam o Museu Jesuítico Nacional de Jesús María, com exposição de objetos pessoais, mobília, louças, arte sacra, achados arqueológicos e outros itens que contam um pouco da história da região e da permanência da Companhia de Jesus no país.

A bodega da estância ostenta o mérito de ter produzido o Lagrimilla de Oro, o primeiro vinho colonial servido aos monarcas espanhóis.

A entrada é paga (20 pesos em abril de 2015) e não é possível tirar fotos no interior do museu.

Entrada - Estancia Jesús María - ARGENTINA

É preciso guardar todos os pertences – bolsas, câmeras, celulares –  em um guarda-volumes na recepção. Após a visita, você pode tirar fotos no pátio do convento e em toda sua área externa.

Estância Jesuítade Jesús María - Córdoba - ARGENTINA

Conseguimos chegar a pé. É um pouco mais afastada do centro da cidade, mas atravessando o rio, onde uma cruz sinaliza a direção da estância, em uma caminhada de 10 minutos chega-se ao antigo convento.

Ponte para a Estância Jesuíta - Jesús María

E a estrada já vai garantindo paisagens lindas da área rural de Jesús María 😉

Estrada para Estância de Jesús María - ARGENTINA

ANFITEATRO DE JESÚS MARÍA

Voltando da estância, seguimos em uma linha reta após a ponte para conhecermos o  Anfiteatro da cidade.

Anualmente, o Anfiteatro José Hernandez recebe a famoso Festival Nacional de Doma y Folklore  de Jesús María. A festa, que é considerada a maior celebração de costumes gaúchos da Argentina, acontece há mais de 50 anos, sempre no mês de Janeiro.

Durante o festival, a pequena e pacata Jesús María fica lotada e, para você que pretende apenas caminhar tranquilamente pela cidade em uma busca serena por suas atrações históricas, talvez esse não seja um bom período para visitá-la.

RINCÓN NUESTRO – UM BOM LUGAR PARA COMER

Jesús María é um daqueles interiorzinhos  de portinhas charmosas e atraentes.

Cafeteria Santa Ana - Jesús María

Ocorre que, após todas as visitas e andanças pela cidade, já por volta das 14h, quase tudo estava fechado (aquele lance de siesta) e o Rincón Nuestro foi o único lugar aberto.

E confesso que seria bem ele minha escolha, mesmo com tudo aberto.

Além do ambiente estiloso, a comida é uma delícia (desde que superadas as pegadinhas do cardápio em espanhol). Miramos em uma ‘tarta’ de frango e cebola que chegou cheirosa e divina.

Gaseosas sempre caras, como de costume na Argentina, mas a conta ficou na média do que pagamos em Córdoba, com a vantagem do atendimento, bem mais simpático que na capital da província (foi nossa opinião).

Ainda que você não vá a Jesús María, poderá conhecer o Rincón Nuestro em Córdoba. Confira a fanpage de uma das unidades da capital aqui.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

– Partindo de Córdoba, a melhor forma para chegar a Jesús María é pegando os micro-ônibus que saem em vários horários do Terminal do Mercado Sud, na Boulevard Arturo Illía.

Mercado Sud - Córdoba - Argentina

Mapa Mercado Sud

– O terminal de micro-ônibus fica no fundo do mercado, onde também, no subsolo, ficam os guichês das diversas empresas que operam as linhas para as cidades do interior da província.

Terminal de Micro-ônibus - Córdoba

– Jesús María, além de muito bonitinha, também tem seus mimos para o turista. Nos principais pontos da cidade há mapas turísticos, indicando, inclusive, os horários de funcionamento das principais atrações.

– O mapa é resumido, mas resolve fácil as dúvidas de marinheiro de primeira viagem em Jesús María (clica na imagem para ampliar).

 

– Para os mais conectados, também tem aplicativo de celular com informações turísticas da cidade. Nós não testamos, mas vale deixar a dica 😉

App - Turismo Jesus Maria - CORDOBA - ARGENTINA

– Um dia é suficiente para conhecer o básico da cidade. Nós saímos de Córdoba às 08:30 e retornamos no ônibus das 16:oo. Só deixamos de visitar o Museu da Cidade, por cansaço mesmo 😉

– Acho que repeti a palavra sorridente algumas vezes.  Mas o povo de Jesús María é sorridente mesmo, quando não, são cordiais e solícitos.

OUTRAS DICAS PARA SUA VIAGEM

– Para deixar sua viagem redondinha, confira:

Links úteis

Dicas para arrumar a mala

– Mais sobre Argentina? Leia também

O Básico de Mendoza – Dicas úteis.

Viajar de ônibus pela Argentina.

– Confira nossas dicas curtinhas e rapidinhas no  Instagram @misscheck

Todas as dicas dessa viagem estão na hashtag #argentinanomiss

As dicas de Córdoba você encontra na hashtag #cordobanomiss

E as dicas de Mendoza na hashtag #mendozanomiss

PROGRAMAÇÃO FORRÓ CAJU 2015 – ARACAJU.SERGIPE

19 jun

Prepara a bota e a camisa xadrez 😉  Clique nas imagens para ampliar.

ForróCaju - Aracaju - Palco Gerson Filho

Casarão da Clemilda

E a MARINETE DO FORRÓ também já está rolando e segue ‘arrastando pé’ pelos pontos turísticos de Aracaju até o dia 27 de junho. De segunda a sexta, a partir das 14:30.  Aos sábados às 15:30, com o bônus de encerrar o passeio  na Orla Pôr do Sol. Os interessados podem ter mais informações no (79) 3222-1427.

Marinete do Forró - Aracaju

A Marinete sai da frente do Hotel da Costa, na ponta norte da Orla de Atalaia, no trecho entre a Feira do Turista e o Farol da Coroa do Meio. É DE GRAÇA, por isso, melhor chegar cedo para garantir lugar. Quem é esperto já está marinetando  pela cidade. Êh delícia!

Marinete do Forró - Aracaju

A foto do pessoal na Marinete é do Instagram da Secretaria da Indústria Comércio e Turismo de Aracaju @semict  – segue lá porque tem um monte de dicas  bacanas de Aracaju 😉

Falando em Orla, além do Forró Caju, quem quiser curtir um forrozinho gostoso numa cidadezinha temática, tem o Arraiá do Povo.

Programação do Arraiá do Povo 2015 - Imagem do IG @eventocenter

Programação do Arraiá do Povo 2015 – Imagem do IG @eventocenter

Além do palco onde acontece a programação forrozeira todas as noites, você ainda pode curtir a cidadezinha montada no mesmo espaço, com lojas de artesanato, comidas típicas, cordel e outros produtos e serviços de Sergipe.

Arraiá do Povo2015 - Orla de Aracaju

Bodega da Rosinha - Arraiá do Povo 2015 - Orla de Aracaju

O Arraiá do Povo acontece  na Praça de Eventos da Orla, na Av. Santos Dumont, em frente a Feira do Turista, ao lado da Delegacia de Turismo. Vá nem que seja só para tirar fotos na cidadezinha. É muito linda ❤ O espaço do evento é aberto e você pode passear por lá em qualquer horário, tirar fotos, sentar na pracinha da Igreja – com coreto e tudo-  mas os stands só funcionam à noite. Mais informações no Instagram @governosergipe

Orlade Aracaju - Arraiá do Povo - 2015

– Leia mais sobre o Forró Caju em  Forró Caju – como, quando e onde

– Mais sobre a Marinete do Forró em  Itinerário do Forró

E mais sobre São João e sobre Aracaju:

Guloseimas Juninas

Aracaju post a post

 

NO INSTAGRAM do Miss Check-in – @misscheck   você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju  nas hashtags:

#aracajunomiss

#dicasaracaju

 

 

 

BAHIA – SERGIPE – ALAGOAS: de carro pelos três Estados

28 dez

Aí você tirou férias, fez revisão no carro e agora está ansioso(a) para colocar o pé na estrada e seguir, quem sabe, de Salvador a Maceió. Pela estrada, todos os caminhos levam a dias de sol e praia pelo litoral dos três Estados (BA-SE-AL), mas escolher o melhor caminho pode agilizar bastante o seu passeio.

Se você pretende viajar de carro com a família e, para tanto, busca estradas em boas condições, com uma linda vista  e pouco tráfego, sim, isso é possível entre Bahia, Sergipe e Alagoas 😉

Lagoa do Roteiro - AL-101

Lagoa do Roteiro – AL-101

BAHIA

Enorme e cortado por inúmeras rodovias, passaríamos horas aqui tratando das possibilidades (e impossibilidades) que a malha rodoviária baiana oferece. Nesse post, vamos tratar do trecho entre Salvador e Aracaju.

– Para quem chegou na Bahia de carro pelas BR-101, 116  ou 242, por exemplo, Feira de Santana é o entroncamento onde todo mundo se encontra e também onde você escolhe, a partir daí, por qual rodovia continuar a viagem.

A partir de Feira de Santana, a BR-101 é o  caminho mais curto para quem pretende seguir para Aracaju/SE e Maceió/AL. Por outro lado, tem um tráfego intenso de carretas e também de veículos de passeio. São aproximadamente 300km entre Feira de Santana e Aracaju e a viagem, em uma velocidade média de 100 km/h, dura aproximadamente quatro horas.

– Se sua pretensão é seguir pelo litoral,  acompanhando o Litoral Norte da Bahia até a divisa com Sergipe, o ideal é continuar viagem pela Linha Verde (a antiga Estrada do Coco). Para isso, em Feira de Santana você deve seguir pela BR-324, sentido Salvador.

BR-324 – Trecho Feira de Santana/Salvador – BAHIA

– Esse trecho é duplicado e bem sinalizado, a boa notícia. Mas tem pedágios, a má notícia (dois, entre Feira e Salvador).

– A BR-324  te leva, praticamente numa linha reta, à capital baiana.

– Caso você não queira entrar na cidade e pretenda pegar logo a Linha Verde – Litoral Norte, você deve sair da BR-324 um pouco antes da entrada de Salvador, no primeiro viaduto após o posto da Polícia Rodoviária em Simões Filho –  onde as placas indicam Camaçari, Lauro de Freitas, Aeroporto. Na foto, o viaduto ao fundo, logo depois da, atualmente, Fábrica J Macedo.

Viaduto de acesso ao Aeroporto na BR-324

– Esse atalho vai te deixar no viaduto de acesso ao Aeroporto, logo após o Salvador Shopping Norte (e entre um viaduto e outro, mais pedágios). Passando pela frente do Aeroporto, basta seguir numa linha reta. Todos os detalhes da Linha Verde entre Salvador e Aracaju você encontra neste post, onde explicamos como chegar em Aracaju pela Linha Verde e Ponte Gilberto Amado.

SERGIPE

Para quem chega em Sergipe pela BR-101, após Estância/SE, a BR-101 é duplicada até Aracaju e, para entrar na capital de Sergipe  basta seguir numa linha reta.

 Para quem vem de Salvador pela Linha Verde, duas possibilidades:

Se sua pretensão é entrar em Aracaju, o ideal é, na Linha Verde, seguir pela Ponte Gilberto Amado, como explicamos nesse post. Para quem está na Linha Verde, esse é o caminho mais curto para a capital sergipana.

Se sua pretensão é seguir viagem, sentido Maceió, NÃO vá pela Ponte. Esse caminho vai te deixar no litoral sul de Aracaju e para retomar a BR-101, sentido Alagoas, você vai precisar cortar toda a cidade, correndo o risco de se perder e ainda pegar alguns engarrafamentos chatíssimos.

– No lugar disso, siga pela  Linha Verde, sentido Estância/SE, como indicado na foto abaixo:

Linha Verde

Linha Verde SERGIPE – Trevo para a Ponte Gilberto Amado.

A “Linha Verde” acaba na BR-101, em Estância. Nesse ponto,  siga pela BR-101, sentido Aracaju. Como disse, após Estância, a BR-101 foi duplicada e está em boas condições. A viagem até Aracaju é super tranquila.

BR 101 - Trecho Estância-Aracaju

BR 101-SERGIPE – Trecho Estância-Aracaju

– Já em Aracaju, antes de entrar na cidade, fique atento, pois você vai precisar subir o viaduto de acesso à BR-101 Norte, sentido Propriá/SE, Maceió/AL.

BR-101 - Aracaju - Viaduto de acesso à BR-101 Norte

BR-101 – Aracaju – Viaduto de acesso à BR-101 Norte (Maceió/Recife). A placa indica que para ter acesso ao viaduto você deve pegar a pista lateral, à sua direita.

– Após subir a alça do viaduto, siga em um a linha reta sempre. Logo depois deste viaduto, você vai se deparar  com outro viaduto, que dá acesso à BR-235 (Itabaiana, Areia Branca). Passe direto, por baixo dele. Você já está na BR-101 Norte, rumo a Maceió.

Viaduto BR-101 Norte

A BR-101 Norte é o caminho natural para Maceió, Recife, João Pessoa. A divisa entre Sergipe e Alagoas é o Rio São Francisco e o último município de Sergipe, nessa BR, é Propriá, onde uma ponte faz a ligação entre os dois Estados. Nós, entretanto, não achamos a BR-101 o melhor caminho para Maceió.

– Uma boa opção é,  depois de Aracaju, percorrer aproximados 70 Km na BR-101 Norte até um Posto enorme da Polícia Rodoviária Federal. Em frente a esse Posto há uma entrada, à direita, para Neópolis, Japoatã, Pacatuba, Brejo Grande ( mais detalhes nesse postque ensina como chegar à Foz do Rio São Francisco).

Posto PRF - BR-101 Norte - SERGIPE

Posto PRF – BR-101 Norte – SERGIPE. Entrada para Neópolis/Brejo Grande/Pacatuba fica bem em frente ao Posto, á direita.

Vire nessa rodovia, sentido Neópolis. Em Neópolis, você atravessa o Rio São Francisco de balsa para Penedo/AL.

Penedo - Alagoas

Travessia no Rio São Francisco entre Neópolis/SE e Penedo/AL

ALAGOAS

Atravessando o Rio São Francisco e desembarcando em Penedo, siga até Piaçabuçu.

AL-101 MAPA

A partir daí, siga pela AL-101, sentido  Coruripe. A pista está ótima, recentemente recuperada, bem sinalizada e garante vistas belíssimas do litoral de Alagoas.

AL-101

AL-101

– A litorânea vai te deixar dentro de Maceió e está duplicada no trecho Marechal Deodoro/Maceió.

– Por esse caminho, são aproximadamente 280 km entre Aracaju e Maceió.

– Além disso, a AL-101 tem vários mirantes  e você pode ir parando e curtindo a vista.

Mirante da Praia do Gunga - Vista de Maceió e Barra de São Miguel - ALAGOAS

Mirante da Praia do Gunga – Vista de Maceió e Barra de São Miguel – ALAGOAS

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

– As litorâneas em Bahia-Sergipe-Alagoas são, respectivamente BA-099; SE-100 e AL-101. A BA-099 é a que chamamos de  Linha Verde. A SE-100 é a continuação da Linha Verde em Sergipe, mas a litorânea em Sergipe não está finalizada e no litoral Norte do Estado ainda não há pista 😦

– Fique atento aos radares, sobretudo na Bahia e Sergipe.

– Em Neópolis/SE há uma balsa regular para veículos. Em dezembro de 2014, a travessia para carro de passeio estava custando R$ 22,00.

Tabela Balsa Penedo/Neópolis

Tabela Balsa Penedo/Neópolis – Rio São Francisco AL/SE (valores em Dez.2014)

– Em Brejo Grande também há uma balsa que faz a travessia de veículos. Nesse caso, atravessa para Piaçabuçu, mas a balsa não é regular e comporta apenas dois carros.

– Para completar as informações desse post, não deixe de ler:

Bahia e Sergipe pela Linha Verde e Ponte Gilberto Amado

Como chegar à Foz do Rio São Francisco.

O JF Paranaguá, do Blog ‘A Arte na rua’, conferiu nossas dicas e contou a experiência dele no blog. Confira o relato e as dicas do Paranaguá  sobre pontos interessantes entre Bahia e Alagoas aqui.