Tag Archives: Restaurante

Restaurante Tototó – Espaço Zé Peixe – ARACAJU

18 ago

Vamos começar ‘pelo começo’ de tudo. E tudo começa pela história do Rio Sergipe.

Rio Sergipe

Quando, em 1855, Inácio Barbosa determinou a mudança da capital, pretendia facilitar o escoamento de mercadorias pelo Rio Sergipe e a nova capital estaria em um ponto estratégico para abrigar o novo porto da província. E foi assim que, por muito tempo, Aracaju foi uma cidade portuária, recebendo grandes embarcações que chegavam e saíam pela foz do Rio Sergipe.

Aracaju - Barra

Por que eu te falei tudo isso? Porque Zé Peixe é exatamente um importante personagem dessa história e o Tototó também 😉

José Martins Ribeiro Nunes –  o Zé Peixe –  era prático do porto de Aracaju. Até aí, nada demais. Mas o que lhe rendeu a posição de figura emblemática da cidade, além de seu carisma e simplicidade, foi a forma como realizava sua atividade. Diferente de todos os práticos, que orientam as grandes embarcações a bordo de um rebocador, Zé Peixe ia buscar as embarcações nadando e para orientá-las na saída do porto, também pulava na água e  lhes direcionava a nado. Nadava mais de 10 quilômetros por dia, mesmo após os 70 anos, já aposentado, e mesmo após a transferência do porto de Sergipe para o município de Barra dos Coqueiros (aquela ilha, do outro lado do rio). E é na Barra dos Coqueiros que começa a outra parte da história.

Rio Sergipe - ARACAJU

Antes da construção da Ponte Construtor João Alves  (ou Ponte Aracaju-Barra) , que cruza o Rio Sergipe ligando os dois municípios,  pequenas embarcações de madeira movidas a motor  faziam a travessia de pessoas pelo rio. Do barulho do motor veio o nome Tototó.

Tototós - ARACAJU

Os tototós são parte da paisagem do Rio Sergipe e a cara do cotidiano do centro de Aracaju. Com a ponte, o número de embarcações foi bastante reduzido, mas algumas ainda resistem e realizam a travessia diariamente, partindo do atracadouro localizado bem em frente ao Mercado Antônio Franco (aquele do relógio e do Restaurante Caçarola).

Além dos tototós, barcas também realizavam a travessia Aracaju-Barra, no estilo aracajuano ‘Rio-Niterói’, saindo do Terminal Hidroviário. Desativado após a construção da ponte, em 2006, o terminal foi reaberto em 2015 como Espaço Zé Peixe Agora tudo se encaixa >

Além do memorial ao prático mais querido da cidade, no pavimento superior do Espaço funciona o Restaurante Tototó.

E agora, após ler tudo isso , você vai se sentir mais próximo da história do Rio Sergipe ao sentar nas graciosas mesinhas do Restaurante Tototó e apreciar seu cardápio mirando o rio.

Mas indo ao que realmente interessa (já que o post é sobre o restaurante 😛 ), nós pedimos um dos pratos mais comentados do cardápio: a moqueca de camarão com maxixe, que chegou com aquela fumacinha faceira. Muito boa 😉

E aí, temos que fechar com um docinho…não tem jeito. Muitos corações para os pudins de tapioca e de coco do Tototó, com cocada e tudo #muitodesejoenvolvido

Mais doçura que isso, só a vista serena do Rio Sergipe ❤

– O restaurante abre de terça a domingo, das 8h às 17h, no pavimento superior do Espaço Zé Peixe;

– Telefone para contato (79) 8858-4051;

– Pratos a partir de R$ 43,00, em porções para duas ou três pessoas. Sobremesas a partir de R$ 4,00 (valores de agosto de 2015). Aceitam cartões.

– O Espaço Zé Peixe fica na Av. Otoniel Dórea, conhecida como ‘Rua da Frente’  (é continuação da Av. Beira Mar, que beira o Rio Sergipe) – bem próximo à Praça dos Mercados. Confira no mapa:

Mapa Espaço Zé Peixe

Para os mais curiosos e amantes de História, enquanto o ‘trator’ não vem, a casa do Zé Peixe ainda continua de pé. É uma casinha linda, com janelas de arcos em ogiva (formato muito popular nas casas aracajuanas do início do século XX), branquinha com detalhes azuis, uma das casas mais antigas de Aracaju. Fica na esquina da Av. Ivo do Prado (também continuação da Av. Beira Mar) com a Rua Senador Rollemberg,  olhando para o Rio Sergipe.

Casa do Zé Peixe - ARACAJU

Zé Peixe viveu nesta casa até seus últimos dias. Morreu em 2012, aos 85 anos. A nossa esperança é que sua casa seja preservada e também possa contar mais um pouco da história do Zé e de Aracaju. Oremos! Abaixo, uma das matérias veiculadas nacionalmente sobre o miúdo e danado Zé Peixe.

 

– Mais sobre Aracaju em Aracaju post a post.

– Mais sobre os tototós aqui.

NO INSTAGRAM – @misscheck    você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju  através das hashtags:

#aracajunomiss

#dicadomiss_aracaju

 

Anúncios

Gula Gula: a saborosa surpresa da Melício Machado – ARACAJU

6 jun

Para você, que não é de Aracaju, vou contando logo que Melício Machado é uma daquelas avenidas  que leva para vários lugares do seu interesse, no caso: Orla Pôr do Sol, Aeroporto, Litoral Sul de Sergipe (Caueira, Abaís e Praia do Saco), Ponte Joel Silveira, Ateliê 22, Pantanal (o bar), além de ser um caminho alternativo para fugir do engarrafamento para as praias do litoral sul de Aracaju (Aruana, Refúgio, Robalo, Náufragos) aos finais de semana e feriados.

Mapa Google - Av. Melício Machado - ARACAJU

De posse dessa informação, você vai seguindo por ali, descontraído e, se eu não te contasse, você provavelmente passaria batido pela melhor empada de Aracaju.

Empada do Gula-Gula - ARACAJU

E, de quebra, pela melhor feijoada carioca.

Feijoada do Gula-Gula - Porção Individual - ARACAJU

Comigo também foi assim, no acaso. Sábado de sol, lá estava a minha pessoa… livre e leve (solta nem tanto), economizando gasolina na garupa da shineray, quando meus olhinhos arregalados avistaram umas faixas indicando “empada gourmet”. Segui as pistas e bati na porta do ‘Gula Gula’.

Gula Gula - Av. Melício Machado, Aracaju.

O pequeno restaurante é simples, mas todo charmosinho nos detalhes.

E aí, levei três empadas de bacalhau para casa. Dias depois voltei para levar mais cinco. Meu pai comeu uma e voltou para pegar mais dez e, antes de voltar para Bahia, encomendou mais doze. E assim a família toda ficou cliente das empadas de bacalhau, de camarão e de palmito. Todas  divinas! (R$ 4,00 – valor em junho de 2015).

Em meio ao pega-pega de empadas, fomos ficando clientes e amigos da Ana Paula e do Eduardo, donos do restaurante e duas simpatias, bem naquele estilo carioca de ser (que eu, particularmente, adoro!). E enquanto eu tomava uma coca-cola e o Hélio pensava em casamento (exatamente nessa ordem ehehe), a empada da Ana apareceu até na televisão (leia meus lábios… R-E-D-E  G-L-O-B-O) e ficou famosa mesmo. Confira a matéria aqui.

Sabor Sergipe - SE TV 1º Edição

De lá pra cá fomos nos aprofundando nas surpresas da cozinha Gula Gula. Já belisquei o vatapá delicioso da Ana e, no último sábado, fomos de feijoada. Leve e saborosa! Foi a sentença dos meus parceiros de almoço.

Feijoada Gula-Gula - ARACAJU

Guarnição - Feijoada GULA-GULA - ARACAJU

E pra fechar com gostinho de quero mais, um doce de abóbora todo faceiro que você vai repetindo sem compromisso e acaba levando mais uns pra casa, porque… é tão levinho e gostosinho, né? Sua dieta nem vai perceber 😛

Doce de abóbora - Gula-Gula - ARACAJU

Agora estou ansiosa para provar o bobó de camarão. Conto pra vocês 😉

– O Gula Gula fica na Av. Melício Machado, sentido Mosqueiro e Orla Pôr do Sol, passando o Batalhão da Rádio Patrulha, logo depois do Stop Coco Atalaia.

– Aberto de segunda a domingo, das 10h às 15h.

– Você também pode encomendar seu pedido – empadas ou pratos, como a feijoada – através dos telefones: (79)8856-0793/ 9145-3629 / 9805-8607 / 8810-4660.

Facebook: Gulagulaaracaju Gulagulaaracaju

Confira todas nossas dicas de Aracaju em Aracaju post a post.

NO INSTAGRAM – @misscheck    você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju  através das hashtags:

#aracajunomiss

#dicadomiss_aracaju