Tag Archives: Aracaju Antiga

MERCADO MUNICIPAL DE ARACAJU: as histórias por trás das bancas.

17 mar

17 de março é o aniversário de Aracaju. Para comemorar os 162 anos da nossa ‘Pequena’, um post sobre o Mercado Municipal da cidade, contado por aqueles que fazem essa história todos os dias 😉

capa-mercado-municipal

O Mercado Municipal de Aracaju é um complexo formado por três espaços: Mercados Antônio Franco, Thales Ferraz e Albano Franco.

OS MERCADOS

O Mercado Antônio Franco, prédio mais antigo do conjunto, data de 1926 e leva o nome do empresário que financiou sua construção, Antônio do Prado Franco. Desde então, é um dos símbolos da cidade, com seu emblemático relógio central.

6tag-393939263-881066026568163843_3939392631

Anos depois, em 1948, foi construído o Mercado Thales Ferraz, ao lado do Mercado Antônio Franco, com o objetivo de funcionar como mercado auxiliar.

Com o passar do tempo, entretanto, os dois prédios passaram a não comportar o grande número de feirantes que se estabeleceram na região. Ano a ano, o número de barracas se multiplicava, espalhando-se desordenadamente pelo entorno dos dois prédios antigos.

fb_20161114_10_11_39_saved_picture
Vista do centro de Aracaju, antes da reforma dos mercados, em 1998. Foto – acervo Libório Gândara Ateliê de Arquitetura

O cenário só foi modificado em 1998, quando uma grande reforma removeu todas as barracas, restaurou os prédios antigos e inaugurou mais um mercado, para abrigar os itens de abastecimento: Mercado Albano Franco (homenagem ao governador em exercício na época)

6tag-393939263-1343526880518934354_393939263

O projeto de restauração foi idealizado pela arquiteta sergipana Ana Libório, resultado de uma tese desenvolvida por ela durante curso de especialização na Bahia.

 

A REFORMA – 1998 a 2000 (para ouvir a reportagem, aperte o play)

 

AS HISTÓRIAS POR TRÁS DAS BANCAS

O novo Mercado Municipal de Aracaju foi inaugurado em 15 de setembro de 2000. Boa parte dos comerciantes que trabalhavam no antigo espaço foi realojada na nova configuração. As histórias de alguns desses comerciantes são o tema desta matéria: Mercado Municipal de Aracaju, as histórias por trás das bancas.

Boca Louca da Sanfona

Wolfrand do Barro – por Anna Guimarães

Edilza das Imagens – por Katlen Bomfim

Maria do Limão – por Ariel Carmo

Galega das Ervas – por Jéssica Amaral

Maria Izabel das Bonecas – por Caroline Prata

 

 

– Esse post é parte do nosso projeto “POEIRA, PAREDES e HISTÓRIAS“, que busca preservar a memória da cidade de Aracaju – Sergipe. Conheça o site com a matéria completa aqui e a   a Fanpage aqui.

– Mais sobre Aracaju em Aracaju post a post.

NO INSTAGRAM – @misscheck    você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju  através das hashtags:

#aracajunomiss

#dicadomiss_aracaju

Anúncios

QUIRINO: a cabine do tempo na Rua Geru – ARACAJU

27 set

No caminho para o centro da cidade, na  quadra desenhada pelo encontro das ruas Geru com Lagarto, uma portinha simplória, aberta há mais de 40 anos, toca músicas antigas em alto volume.

Loja do Quirino na Rua Geru - ARACAJU

Seguindo a trilha sonora – que vai de Altemar Dutra a Blitz – fui magneticamente atraída pela atmosfera dos anos 80 espalhada entre vinis e fitas, tocando histórias guardadas na minha memória afetiva. Descobri, então, meu lugar preferido nas manhãs de sábado: o banquinho da paciência na Loja do Quirino.

Banquinho da paciência na Loja do Seu Quirino - ARACAJU

Passo horas nesse banquinho procurando vinis antigos. Assim como passava horas viajando nos vinis do meu pai, fascinada com as imagens dos encartes.

Com o tempo, os vinis foram embora e o chiadinho das músicas da minha infância ficou esquecido naquele cantinho de saudade onde guardamos os pequenos e saborosos detalhes do começo das nossas vidas.

Minha pessoa vidrada na vitrola do meu pai.

A loja do Quirino trouxe tudo de volta. A R$1,00 – a fita cassete ou vinil – com R$20,00 fui de ‘É proibido fumar’ (1964) até o hit do Menudo, ‘Não se reprima’ (1984).

É Proibido Fumar - Roberto Carlos - 1964

O comércio compra e vende discos e fitas. Os discos velhos, aqueles que a ‘mãe’ não quer mais ou o ‘pai’ quase joga fora? Leva no Quirino que ele compra 😉 Como resultado dessa ‘troca’, várias histórias vão se amontoando no meio dos LPs, em  rabiscos de afeto nas dedicatórias que acompanham os discos ❤

Dedicatórias em Vinil - ARACAJU

‘Para Aline e Raquel, com amor do papai, Tel – 08/12/1984’

E as capas e encartes continuam sendo uma viagem, retratos das gerações embaladas por aquela meia dúzia de faixas em cada lado do disco.

A próxima vítima - 1995

O Quirino é um alagoano de Penedo que começou a trabalhar aos 10 anos, caçando passarinhos.  Conta com orgulho que é bisneto de escravos, citando que sua avó, Marcelina, foi agraciada pela Lei do Frente Livre (1871). Sorriso largo e uma disposição invejável, dessas pessoas cheias de vida.

Seu Quirino e seus discos - ARACAJU

Eu saio de lá sempre uns quarenta anos mais pesada… Feliz da vida ❤ Uma vermelhinha aqui em casa não abre mão dos meus achados na cabine do tempo do Seu Quirino.

Jean Luke e nossa vitrola - ARACAJU

– Endereço: Rua Geru, n° 345, no trecho entre as ruas Lagarto e Capela.

Mapa Seu Quirino - ARACAJU - Google Maps

 A loja funciona de segunda a sábado, em horário comercial. 

Loja do Quirino - Rua Geru, 345 - ARACAJU

– Esse post é parte do nosso projeto “POEIRA, PAREDES e HISTÓRIAS“, que tenta resgatar as histórias dos imóveis de Aracaju – Sergipe. Conheça a Fanpage aqui.

– Mais sobre Aracaju em Aracaju post a post.

NO INSTAGRAM – @misscheck    você vai encontrar fácil nossas dicas de Aracaju  através das hashtags:

#aracajunomiss

#dicadomiss_aracaju