Arquivo | 7.MISS AMIGOS RSS feed for this section

Canetinhas viajantes da Cintia!

10 set

Aaah! Toda viagem tem um lado ruim… Pra mim, geralmente, é voltar! Passaria meses, anos, viajando! rs rs.

A Cintia Masa (do blog Felicidade com Simplicidade) já está de volta e, pelo o que estou acompanhando no blog, cheia de boas dicas e excelentes lembranças! Nessa troca de figurinhas blogueiras, não podia deixar de registrar a EuroTrip das nossas canetinhas com ela… Exibidas… Posando pra foto rs rs.

E aí vão elas… Orgulho da “mamãe”:

Em Roma

E na chiquéééérrima Paris

Lindas demais! Só posso agradecer pelo carinho!

-Para ver as dicas “pré-viagem” da Cintia, clique aqui.

– Para conhecer o blog Felicidade com Simplicidade e se inteirar dessa  EuroTrip, clique aqui.

 

Publicidade

Café da Praça – Centro. ARACAJU

7 ago

INFELIZMENTE, O CAFÉ DA PRAÇA FECHOU. MAS AS DICAS SOBRE O CENTRO CONTINUAM VALENDO, OK? 

Esse post, que há muito estou devendo, é dedicado aos amigos Lopes e Denilde, da bela Fortaleza/CE. Ao passarem por Aracaju, em junho deste ano (2011), não só apareceram pelo blog para comentar, como também para compartilhar suas descobertas turísticas na capital sergipana. Nessa troca, inicialmente de informações e hoje de amizade, eles… Do Ceará… Me  apresentaram o CAFÉ DA PRAÇA… de Aracaju/SE:

Na última terça (02/08/2011), fui lá conhecer. Da melhor qualidade… Simplicidade aconchegante de interior em pleno centro da capital. Muito bacana!

 COMO CHEGAR:

O Café fica no nº 703 da Praça Olímpio Campos, Travessa Benjamin Constant (continuação da Rua Propriá), Centro de Aracaju. Confira no mapa (onde A = Catedral Metropolitana):

Ele fica na lateral da Catedral Metropolitana:

E coladinho no Centro de Turismo (esse prédio amarelo antigo, “ex” Rua 24 horas):

Não tem errada!

#ficaadica no MAPA:  1. É possível que, ao perguntar pela Praça Almirante Barroso, não saibam informar, pois, por aqui, todo mundo chama aquela área também de Praça Fausto Cardoso/2. A Av. Ivo do Prado, também chamada de “rua da frente” pelos aracajuanos, é a continuação da Av. Beira Mar que, por sua vez, beira o rio e NÃO o mar.

O AMBIENTE :

O lugar é uma gracinha… Todo arrumadinho e muito limpo:

E o atendimento é perfeito. Na mesma linha de cidade pequena… Atenciosos e super prestativos. O Lopes e a Denilde elogiaram muito Dona Selma, dona do estabelecimento, mas no dia que estivemos lá (02/08/2011) ela não estava. Tive a oportunidade de encontrá-la em uma das tentativas de conhecer o Café no sábado. Ela, uma simpatia de pessoa, nos explicou que o forte do Café, apesar do nome, é o almoço e, por isso, não abre aos finais de semana, acompanhando o ritmo do centro. Mas valeu muito conhecê-la. Sua forma receptiva e atenciosa de tratar as pessoas já vale a visita!

CARDÁPIO e FUNCIONAMENTO:

O café funciona de segunda a sexta, das 07:30h às 17:00h.

Como Dona Selma havia explicado, o forte de lá é almoço e o carro chefe da casa são os “pratos do dia”:

O de terça era filé a parmegiana:

Às 09h não deu mesmo para experimentar. Vou ficar devendo (volto depois para o almoço). Mas, em compensação, tomamos um cafezinho da manhã do bom!

Super tranqüilo… Vendo o movimento do centro que, aos poucos, começava a se agitar para mais um dia de trabalho…

O Hélio pediu um café com leite:

Café com leite (médio) – R$ 2,50.

E eu fui de chocolate quente… Cremoso e encorpado:

Chocolate quente – R$ 3,50.

Para acompanhar, um pastelzinho de forno de frango… “Delicinha”:

Para iniciar o dia, ainda havia opções de bolos e sanduíches naturais… Tudo com uma cara muito boa!

Nossa conta deu R$ 7,00. Bom, bem servido e barato!

AS IMEDIAÇÕES:

Não bastasse a qualidade do lugar, sua localização o torna uma dica super bacana para quem estiver dando uma volta pelo centro de Aracaju.

Atravessando a rua é possível passear pelas barracas de artesanato da Praça Olímpio Campos e admirar a arquitetura “rendada” da Catedral Metropolitana (sempre me lembro de rendas quando olho para a Catedral… rs… Linda!):

Seguindo em direção ao rio, é possível caminhar pela Praça Almirante Barroso (lateral do Palácio-museu Olímpio Campos)…

 E seguir a até a primeira das três praças, a Fausto Cardoso, com seu coreto de interior e sua brisa suave vinda do rio:

 Nesta praça está o mais novo ponto de turístico e cultural da capital, o recém restaurado  Palácio Museu Olímpio Campos:

Vale muito a visita. A entrada é gratuita. Confira os horários e o circuito de visitação no site do Palácio.

Como disse no início, o Café da Praça fica ao lado do Centro de Turismo. Estando tão próximo, não deixe de visitar.

O lugar é a antiga Rua 24 horas e hoje abriga lojinhas de artesanato:

Além de lanchonetes e banheiros arrumadinhos:

E, após o corredor de lojas da galeria, chega-se ao famoso calçadão da Rua Laranjeiras:

Casadinha Café + Passeio no Centro… Um #ficaadica de Aracaju vindo direto de Fortaleza 🙂 Dica “danada” de boa dos Leitores e Amigos Lopes e Denilde.

Só pra finalizar… Como disse no início, a troca de informações acabou virando amizade! Assim, na sexta-feira (06/08/11), recebi um material turístico maravilhoso de Fortaleza  enviado por eles:

Meu novo xodozinho!!! Adorei, viu? Agora fiquei na vontade de voltar a Fortaleza… “Êta” cidade gostosa! rs rs.

( em 07/08/2011 – Ah…  Estou negociando autorização para postar uma foto deles aqui!! Só faltou isso no post, não foi não? rs rs… Em 10/08/2011- Consegui… he he… Ficaram ótimas logo no incío do post… Valeu Denilde e Lopes. Forte Abraço!)

CAROS AMIGOS… Por Nós!

30 jul

Gente! Estou muito feliz! Hoje vamos abrir uma nova categoria que há muito  venho querendo iniciar: CAROS AMIGOS. Nela vão estar as dicas dos amigos do blog sobre lugares, restaurantes, passeios, enfim, um passeio pelo passeio dos outros… rs rs…  A opinião do pessoal bacana que passa aqui pelo blog, entra em contato e, no final, acabamos fazendo amizade e trocando experiências. Isso é gratificante! Obrigada a todos.

O Marcos me enviou um e-mail em maio (2011), quando preparava sua viagem em família para Aracaju. Passamos a manter contato e agora, que ele já veio e voltou da nossa terrinha, mandou seu relato e algumas fotos. Adorei! E vamos abrir a categoria com o material enviado  por ele. Mas, de cara, já temos outros relatos na linha de montagem… rs rs: o Café da Praça-Aracaju por Lopes e Denilde de Fortaleza; Serrinha/BA pelo Sgt. Santana de Serrinha e Frankfurt por Thiago Nascimento de Aracaju. Gente bacana falando coisas bacanas sobre lugares onde já estiveram. 

Se você quiser participar, basta enviar seu relato e fotos para o e-mail do blog: misscheck-in@hotmail.com. Será um prazer postar sua experiência aqui!! 😀

ARACAJU por Marcos Panichi!

30 jul

Segue o relato do Marcos sobre sua estada em Aracaju.

ARACAJU – Simplicidade e Calma

Estive em Aracaju no período de 20 a 26 de Julho.   Minha intenção inicial era me hospedar em um resort (Dioro) mas ele estava fechado no período.   Tenho dois filhos, de 11 e 14 anos, aluguei um carro no aeroporto e fiquei no Radisson Hotel na praia de Atalaia.

 O hotel é ótimo, excelente padrão, bom atendimento, ótimos serviços e boa localização.   Vale a pena.    Pela minha pesquisa as melhores opções seriam o Radisson ou o Mecure, mas este não tinha um quarto que acomodasse nos 4 e o Radisson tinha, ficando mais em conta.   Ambos são bem proximos.

VISTA DO HOTEL

A praia de Atalaia é o point para os turistas… o Radisson fica em frente ao Oceanário, do projeto Tamar, parada sempre obrigatória e melhor no fim do dia (ente 16 e 17 horas) quando eles alimentam os peixes, tartarugas e tubarões.   Na praia existem vários bons restaurantes e bares, casas de tapioca, diversas opções… das que eu frequentei as duas  melhores foram a churrascaria Sal e Brasa e o restaurante República dos Camarões.   Este é excelente…  ótimos preços, boa comida, excelente ambiente.   Se você quer comer camarões ou frutos do mar, é a opção mais em conta e melhor da praia de Atalaia.   Pode ir sem medo!

As praias para banho e diversão estão ao Sul.    Começando em Atalaia até Mosqueiro, todas são parecidas.    Mar com ondas, um pouco barrento, muito vento.   Eu fiquei em duas barracas de praia, a Parati e a Com Amor Beach Bar.   Ambas tem restaurante, bar, infraestrutura… Preferimos a Com Amor Beach Bar.   Porque?   Apenas porque o serviço foi melhor e a barraca possui mesas fixas, dando mais espaço entre os frequentadores, mais liberdade…e a seleção musical é muito melhor para nós que não gostamos muito da combinação samba-pagode…

LITORAL SUL - MOSQUEIRO

Depois de Mosqueiro tem uma ponte e mais praias ao Sul.   Não ache que vai encontrar uma praia muito diferente … ou você vai até a divisa com a Bahia ou todas serão do mesmo padrão.

Uma opção interessante, caso a maré permita, é o passeio de barco e visita a praia do Goré, na foz do Rio Vaza Barris.

Na cidade fomos ao Mercado, mirante, cruzamos a ponte para visitar a Ilha dos Coqueiros e Atalaia Nova…  vale a visita mas não é obrigatorio.   Não fomos ao passeio no Rio São Francisco porque choveu no dia escolhido…  Acabamos indo aos dois shoppings da cidade, o RioMar e o Jardins…  Ambos tem tudo que voce precisa… Se estiver em Atalaia, o RioMar é melhor.  Menor, não fica tão cheio, atende perfeitamente uma tarde chuvosa.

O ponto alto do passeio, sem duvida, foi o parque dos falcões.    Veja no  Miss Check-in como chegar ou feche um pacote com um taxista.   VALE A PENA.   Gente como o Jose Percilio, que criou e cuida do parque, é o que faz a diferença nesse pais… se tivéssemos mais brasileiros como ele, seriamos um pais melhor.    Voce agenda, leva 40-45 minutos para chegar de carro, e ele te recebe e fica com voce por 2 horas ou mais.   Voce conhece diversos falcões/corujas/aves, pode tocá-las, bater fotos, ve-las voar…  Uma experiência única, diferente e show.

ZÉ PERCÍLIO E O FALCÃO

Espero ajudar quem quiser conhecer Aracaju…  fomos muito bem recebidos.   Não são as melhores praias do Nordeste, mas a cidade é simples, limpa, bonita, eficiente e todos te recebem muito bem.   Se quer desligar e conhecer uma cidade diferente, pode ir sem medo.    Come-se bem, barato… e não deixe de visitar o parque dos Falcões e o Canyon (apesar de não ter ido, pelas fotos, é o melhor passeio da cidade).